A lista com os 10 melhores países para você viajar esse ano deve ajudar os indecisos, mas não é só isso.

Vou apresentar os motivos pelo qual o país foi escolhido juntamente com a opinião de brasileiros que estiveram ou moraram nos países citados. 

Vamos estudar a viabilidade e o interesse em conhecer os países.

É por esses motivos que essa lista é feita pra você!

Siga as sugestões e viaje muito em 2017!


10 melhores países para viajar esse ano e porquê

Todos os anos, Lonely Planet, a Forbes, a New York Times listam os melhores destinos para se conhecer pelo mundo no ano.

O Ranking é baseado em novidades que aquele lugar vai oferecer, eventos ou mesmo condições facilitadas de transporte. A Lonely Planet (maior produtora de guias de viagem do mundo) é a principal fonte desse conteúdo para todos os demais veículos de comunicação em turismo e foi a base desse post.

Unimos à lista a realidade financeira e as preferências dos viajantes Brasileiros. 

Se você esteve em alguns dos locais citados, deixe seu comentário contando a sua impressão ok?


Você também poderá gostar de:

20 cidades que você precisa visitar ao menos uma vez na vida

Os melhores lugares para conhecer em 2016


Canadá, o melhor do ano

Para nós Brasileiros esse país está com as portas abertas. Sai ano, vem ano, o Canadá segue como um dos destinos preferidos dos viajantes.

10-melhores-paises-para-viajar-esse-ano-2017-canada-toronto
Foto por: Math

O povo polido, as cidades organizadas, a geografia e localização, fazem do Canadá uma diversidade interessante. Além da crescente oferta de emprego para extrangeiros, o país tornou seu acesso mais econômico e simples já que a partir de 2017 Brasileiros que possuam visto americano válido não necessitam tirar visto Canadense (que era bem carinho). Também é um excelente destino para fazer intercâmbio e aprimorar o ingles.

Por que o Canadá em 2017 ? (por Lonely Planet)

Além da questão do visto facilitado para brasileiros, o novo líder da nação, Justin Trudeau, impulsionou ainda mais o país. Em 2017 o Canadá comemora 150 anos e a festa promete trazer muitos turistas, principalmente europes e americanos, interessados no baixo custo da viagem e nas festividades.

Sobre o Canadá por quem morou lá, no Aos Viajantes

Já entrevistei Brasileiros que estiveram por lá e moraram no Canadá por diferentes motivos:

Marina, que fez intercâmbio no Canadá para estudar ingles e morou em Toronto e Vancouver, além das cidades que conheceu a passeio. E também o Alexandre, que se mudou junto a sua esposa Talita para lá. Por um ano eles moraram, estudaram e trabalharam no Canadá e contaram suas histórias e experiências de viver em Ontário.


Colômbia

O destino Colômbia vem crescendo por parte do Brasileiros que buscam uma viagem ao exterior mais econômica e ao mesmo tempo diferente. Os países da América central e américa do Sul são muitas vezes até mais baratos que viajar pelo Brasil.

10-melhores-paises-para-viajar-esse-ano-2017-colombia
Foto do Murilo, blog Volto Logo. Parque Tayrona.

A Colômbia não é um país de extremos mas sim de uma mistura cultural, de natureza rica e braços acolhedores.

Cartagena, Bogotá, Medelin e a famosa San Andrés estão entre os lugares mais interessantes do mundo (e também mais baratos pra se conhecer). A proximidade com a língua (espanhol) faz com que viajantes de primeira viagem ao exterior sintam-se bem na Colombia. Pois bem, coloque o país na sua lista de 2017 pois esse ano ela está ainda mais interessante. Se você for traga o café para mim, um dos melhores do mundo!

Por que a Colombia em 2017 ? (por Lonely Planet)

A Colombia ficou fora do mapa de turismo por muitos anos devido a inúmeras guerras civis e dificuldades internas. Isso mudou, e agora os viajantes do mundo estão tirando anos de atraso e indo conhecer o país. Em 2017 eles receberão a visita do Papa Francisco selando o clima de paz, isso não acontece há 30 anos!

Sobre a Colômbia por quem morou lá, Murilo do blog Volto Logo, diz:

Quando a Maíra me convidou para escrever sobre a impressão que mais me marcou na Colômbia, eu não tive a menor dúvida sobre o que seria…

Não, não são as paradisíacas praias caribenhas o que mais me impressionou. Embora, elas realmente façam qualquer viagem valer a pena. Também não foi a surpreendente e deliciosa culinária colombiana o que mais marcou a minha viagem. Virei fã de patacón, bandeja paisa e suco de zapote com leite, mas tudo isso teria sido irrelevante se algo a mais não tivesse acontecido. Também não foram as paisagens andinas, as festas animadas, a música contagiante e nem o café encorpado.

O que mais marcou a minha viagem foi a tremenda simpatia e hospitalidade com a qual os colombianos me receberam. Quando penso nesse país, as primeiras coisas que me recordo são dos sorrisos e da ajuda sincera que sempre recebi.

 >> Para ler o relato e roteiros completos do Murilo: Viagem a Colômbia, o que você precisa saber.

Finlândia

Por aqui lembramos da Finlândia como a terra do papai noel e poucos sabem além disso. O país também é um dos pontos da terra possíveis para se observar a aurora boreal, ou seja, é uma viagem única em experiência.

10-melhores-paises-para-viajar-esse-ano-2017-finlandia-helsinique
Foto por: Life of Pics

Então, porque você sairia do Brasil para ir até a Finlândia? Talvez seja interessante unir essa viagem a destinos muito mais conhecidos: A Suíça e a Noruega. Se você espera um destino mais barato, a Finlândia não será seu país em 2017, mas se estiver perto da região, certamente vale a visita.

Por que a Finlândia em 2017? (por Lonely Planet) 

Esse ano (2017) marca o centenário da Finlândia. Dentre os eventos, haverá concertos ao ar livre e experiências gastronômicas e exposições de arte. Há até um novo parque nacional, repleto de florestas de pinheiros e entrecruzado por rios. O país receberá também o Campeonato Mundial de Patinação Artística e os Campeonatos Nórdicos de Esqui Mundial. Aliando isso as paisagens, talvez não haja ano melhor que 2017 para visitar a Finlândia.

Sobre a Finlândia por quem esteve lá, Cristina e Renato do blog Pegadas na Estrada

localização estratégica da Finlândia entre os países nórdicos e a ex União Soviética nos levaram a conhecer esse país que não estava nos planos.

Dois dias despretensiosos na Finlândia nos fizeram olhar para um país autêntico, pouco divulgado e com muitas regiões para serem exploradas. É possível fazer um passeio bate-volta para Tallin, capital da Estônia e que é uma das cidades medievais mais bem preservadas do mundo! Conhecemos as principais atrações de Helsinque, como a Catedral Luterana, a Catedral Ortodoxa de Uspenski, a Capela do Silêncio e a Igreja Temppeliauko.

Andar por essas igrejas nos fez perceber a harmonia existente entre as influências nórdicas e eslavas, que fizeram dessa região um país único. Já apaixonados pela Finlândia, conhecemos a Fortaleza de Suomenlinna, atualmente considerada Patrimônio Mundial pela Unesco e aberta à visitação.”

>> Para ler o relato completo: Mais sobre a Finlândia no blog Pegadas na Estrada


O México foi o destino número 1 de 2016, veja a lista a toda


Dominica

As piadas locais dizem que se Cristóvão Colombo visitasse o Caribe, Dominica seria o único local que ele ainda reconheceria. Matas e florestas pré-históricas e costas desertas, cachoeiras e muita natureza além de 9 vulcões que formam o cinturão de fogo do Caribe.

Por conta disso você encontra geiseres, piscinas de água quente naturais e formação de corais em suas águas. Tá bom ou não?

Quem já foi ao Caribe sabe quão lindo é esse lugar da terra, imagine então ao natural? Agora, porque você brasileiro iria pra Dominica? Por ser um lugar menos turístico e isso costuma ajudar financeiramente também. Dominica fica muito próximo (ou seja, tem a mesma geografia e belezas naturais) que seus amigos famosos Aruba, Curaçao e República Dominicana (não confundir com Dominica) com a vantagem de preços mais amigos.

Por que Dominica em 2017 ? (por Lonely Planet) 

Pois esse ar natural está prestes a acabar. Em 2018 Dominica receberá sua primeira cadeia em grande escala de resorts. O que abrirá as portas para a urbanização desse local, até agora intocado. Urbanizar pode ser mais lucrativo, mas vai tirar o ar de beleza natural.

Se você esteve em Dominica, deixe um comentário!

<< Leia também: 10 motivos pelo qual você precisa fazer um cruzeiro no Caribe


Nepal

Esse país é um dos que eu considero mais importantes e relevantes para nos fazer pensar em conhecer em 2017. Conhecer o Nepal esse ano vai ajudar o país. Não sei se você já pensou nisso, mas o turismo é uma das prinicipais formas de distribuir a renda no mundo.

O Nepal já apareceu aqui no Aos Viajantes algumas vezes, já falei do Hymalaia em lugares para se visitar em maio, e de caminhada para pensar na vida, pelo Tibete em lugares para se visitar em abril. Toda a cultura oriental nos é bastante diferente, e ensina muito. Então se você busca uma viagem espiritual e de aprendizado, o Nepal pode ser o seu lugar ideal.

Por que o Nepal em 2017? (por Lonely Planet) 

Sim, aconteceram desastres naturais (terremotos) devastadores em 2015, alguns templos se perderam mas outros estão de pé. A maioria das trilhas populares continuam intactas também, um dos grandes atrativos do Nepal. O que hoje o país precisa é de renda para reparar os danos, e você como turista pode ajudar visitando esse país tão rico espiritualmente.

A Lígia do Vamos Fugir entrevistou uma médica que esteve no Nepal após o desastre de 2015, veja a diferença que uma pessoa pode fazer:

Sobre o Nepal por quem trabalhou voluntariamente lá, relato do Blog Vamos Fugir

Roberta Duarte Stopnitzky é médica Obstetra e faz trabalhos voluntários em diversos países do mundo. Em 2015, ela passou alguns meses trabalhando no Nepal e ajudando diversas mães a terem seus bebês de forma digna, segura e saudável, mesmo depois de toda a destruição pela qual o país passou (e ainda se reerguia), no começo daquele ano.

Ela deu uma entrevista para o Blog Vamos Fugir e o resultado não podia ser mais lindo e emocionante. Aí vão alguns trechos do relato da Roberta:

“A paixão pelo voluntariado e a necessidade de fazer a diferença na vida de pessoas que realmente precisam de algo além do que a vida lhes tira do dia para noite, foi o que me levou até lá. Não tem dinheiro algum neste mundo que reponha. Apenas valores humanos (…).

É surpreendentemente como as pessoas retomaram a vida com muita resignação e resiliência após o terremoto. E é de extrema importância divulgar, através da mídia, que o Nepal está de pé, que não é apenas os destroços que mostram na TV repetitivamente. Alguns monumentos foram danificados, mas em apenas algumas áreas e o Nepal depende do turismo. Na maioria das cidades você não nota os danos, pois estão em completa reconstrução. Os maiores danos foram nos vilarejos.”

>> Para ler o relato completo sobre o Nepal: Trabalho Voluntariado no Nepal


Bermudas

10-melhores-paises-para-viajar-esse-ano-2017-bermudas
Foto por: Lonely Planet

Não é exatamente um lugar barato para o bolso Brasileiro mas há uma forma de amenizar isso: Bermudas é muito melhor aproveitado se você fizer um Stopover em Miami ou Nova York.

Dessa forma você adiciona um local de parada sem pagar nada a mais por isso e faz um roteiro incluindo Bermuda a dois excelentes destinos americanos, (ótimo pois não há voos diretos para lá). Outro detalhe é que Bermudas é um território britânico, e para quem não cruzou o atlântico ainda, pode se interessar pelas dferenças com a América. Fica também no Caribe e tem mares de dar inveja a qualquer litoral.

Por que Bermudas em 2017 ? (por Lonely Planet)

Em junho, Bermudas vai sediar a America’s Cup, campeonato de corrida de vela, onde os EUA defenderão seu título. O clima temperado e evento farão ainda mais interessante uma visita aqui nessa época.

Leia também:

Outros locais para conhecer em Junho

Como viajar a mais de um destino com a mesma passagem, stopover


Mongólia

Talvez você não saiba, mas a Mongólia é um dos locais em que ainda se mantém fortes traços de nomadismo que pouco mudaram ao longo dos anos.

Para nós brasileiros a Mongólia está um pouco distante, a passagem não é barata, mas o turismo é. Um destino recomendado para um mochilão, uma viagem solo ou um ano sabático passando por aqui fariam uma refelxão interessante. Sabia que metade dos mongóis levam a vida de pastoreiros ainda hoje?

Por que a Mongólia em 2017 ? (Por Lonely Planet) 

Apesar da estrutura intocada até então, em 2017 a Mongólia recberá construções que marcam a modernização do país. Um aeroporto, um complexo hoteleiro luxuoso, um cinema IMAX e um Hard Rock Café.  Nada a ver com o que é hoje e tende a mudar a cara da região um pouco. Se voce anseia ver essa lugar parado no tempo, vá antes da conclusão das obras !

Se você esteve na Mongólia, deixe um comentário!

Leia também:

Os 7 motivos que faltavam para você viajar sozinho


Myanmar

Numa época em que a Tailândia virou destino preferido de muita gente no Brasil, Myanmar vem comendo pela lateral, inclusive por fazer fronteira com a Tailândia. Da mesma forma que a Tailândia, o turismo é barato, oque encarece a viagem é hospedagem e a passagem aérea. Ou seja, se vier a Tailândia, considere conhecer Myanmar, é uma oportunidade interessante para os Brasileiros.

10-melhores-paises-para-viajar-esse-ano-2017-myanmar
Foto por: http://photos.bucketlistly.com/

É possível que você se encante sobretudo com a cultura. O budismo é muito presente, os homens usam saias, o rosto é protegido do sol com o pó de uma árvore e o país já foi colônia britânica, essa mistura toda é o que faz Myanmar única.

Por que Myanmar em 2017 ? (por Lonely Planet)

Nesse caso, mudanças de governo também fazem com que Myanmar entre mais na rota turística. A eleição do primeiro governo civil em meio século aponta uma nova direção para esse país escondido que está apostado no turismo para captar recursos.

Sobre Myanmar por quem esteve lá, Alessandra, do blog To Pensando em Viajar

Visitar Myanmar era um sonho pra mim desde que comecei a fotografar.

10-melhores-paises-para-viajar-esse-ano-2017-myanmar-www-topensandoemviajar-com-br
Foto por: Alessandra, www.topensandoemviajar.com.br

Depois de tantos anos fechado para o mundo, o país ainda é – talvez não por muito tempo – um destino mágico, com cultura e tradições milenares e paisagens de tirar o fôlego, diferentes de tudo aquilo que você já viu.

Viver e aprender com culturas e povos diferentes e tão verdadeiros é uma chance de aprender mais sobre como somos um mesmo sendo únicos. Visitar Myanmar com o coração aberto é uma experiência transformadora. Você não vai se arrepender.

> Para ler o relato completo sobre Myanmar da Alessandra: Dicas práticas para conhecer Myanmar e Roteiro de 8 dias por Myanmar.


Omã

Dificilmente você sairá do Brasil para ir a Omã, inclusive por não haver voos diretos. Mas você pode (e ate deve) unir esse destino se estiver fazendo uma visita aos países vizinhos Arábia Saudita e Emirados Árabes, por exemplo.

Entre montanhas e rios, Omã mistura a cultura árabe moderna a um intocado jeito de ser.

10-melhores-paises-para-viajar-esse-ano-2017-oma
Foto por: Jason Jones Fotógrafo de viagem

Até então, esse local permanece mais próximo da cultura árabe pois não foi “moldado” para o turista. Basta procurar um pouco e falar com quem esteve la para ver as preciosidades que encontrou em Omã, mesquitas, templos e mais uma serie de belezas.

Apesar de não haver ainda voos diretos do Brasil, isso tem mudado ao redor do mundo com mais voos e hotéis surgindo a cada dia.

Por que Omã em 2017 ? (por Lonely Planet)

Uma oportunidade de conhecer um lugar antes de se tornar tão turístico e com certo conforto, ou luxo. Redes de Resorts como Anantara, Kempinski e outros nomes de peso estão programados para abrir em breve, além desses há um projeto de parque temático futurista para famílias, que deve ficar pronto em 2017. Conheça a Península de Musandam e Alila nas Montanhas de Hajar.

Se você esteve em Omã, deixe aqui seu relato!


Etiópia

A Etiópia está no continente Africano e só por isso já faz parte de muito da nossa história. Talvez o que você tenha como imagem do país, no entanto, não seja o que se encontra por lá. Pode ser um país pobre, mas não como se imagina.

Tourist taking a picture of Simien Mountains, Simien Mountains National Park, Ethiopian Highlands, Amhara, Ethiopia
Foto por: LuCa Ar

Além disso é exótico, tem seu próprio calendário, horário, roteiro, linguagem, culinária, igreja e café. Fazer caminhada e testemunhar a vida selvagem aqui é uma das melhores atividades para se fazer aqui mas visitar mosteiros e passeios de barco são igualmente interessantes.

Não sei se você já leu aqui, mas Hong Kong é um dos locais recomendados para viajantes solo, e a Etiópia é um dos locais de parada dos voos daqui. Mais uma vez eu recomendo o Stopover para ficar uns dias na Etiópia antes de seguir a Hong Kong, se essa for a sua viagem.

Por que Etiópia em 2017 ? (por Lonely Planet)

Se o problema é transporte, melhora um pouco a situação já que em 2017 novas ligações aéreas tornarão o país mais acessível do que nunca, seja um dos primeiros a voar pra lá.

Sobre a Etiópia por quem esteve lá, Gabriela do blog Projeto 101 países

Para quem não sabe, a Etiópia é muito diferente da imagem que a maioria dos brasileiros tem do país.

Ter visitado a Etiópia foi uma grande oportunidade de ter contato com uma cultura tão rica, mas que pouco se comenta no Brasil. Isso para não falar no incrível sabor da comida típica!

Apesar da fome ainda ser um problema, não difere de quase todos os outros países africanos. Na verdade, a Etiópia pode ser considerada o berço da humanidade, pois lá foi descoberto o fóssil do hominídeo mais antigo que se tem notícia, Lucy, que pode ser visitado no Museu Nacional da Etiópia.

Visitamos a capital Adis Abeba (veja o vídeo), que abriga a sede da União Africana, uma metrópole em amplo desenvolvimento, que nos surpreendeu positivamente pela preservação da cultura Etiópe. Aprendemos sobre o seu mais conhecido imperador, Haile Salassier, considerado uma divindade para os seguidores do rastafarianismo. O país ainda abriga um tesouro arqueológico chamado Lalibela, uma cidade onde há igrejas esculpidas na rocha, originárias do século XII.

>> Para ler o relato completo sobre a Etiópia: Capital da Etiópia – muito diferente do que você imagina


A lista com os 10 países para se conhecer em 2017 mostrou que algumas mudanças aconteceram e para muitos locais ficou ainda mais interessante viajar.

Outros lugares mais desconhecidos ao turismo “comum” como Omã e Myanmar ganham destaque justamente por isso. Há os que oferecem opções mais baratas como a acolhedora Colômbia, ou ainda Dominica, a opção de um caribe selvagem e mais barato. Sem esquecer do Nepal, que clama por um turismo para ajudar a trazer renda para o país, devastado em 2015.

Se você gostou, compartilhe com seus amigos, e me conte nos comentários para onde quer ir.

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...

7 Replies to “Os 10 melhores países para viajar esse ano! (2017)

  1. Curti demais a lista! Anotei vários destinos! Obrigado pelo destaque na Finlândia. Realmente um destino super interessante! Abraços, Cristina e Renato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Disqus Comments ...