Uma das maiores dúvidas dos viajantes que decidem desbravar a Ilha Grande é: Como chegar a Ilha Grande? E Onde se hospedar?

A Ilha Grande está localizada na região de Angra dos Reis, a 125 Km do Rio de Janeiro (capital) e a 425 Km de São Paulo (capital).

Ótimo destino pra viagens de fim de semana e feriado para quem parte do Rio, mas quem sai de São Paulo pode precisar de mais uns dias.

Vou te ajudar a entender melhor como chegar até a Ilha e a importância de escolher onde ficar, pois isso define sua viagem.

Ao fim da leitura você poderá entender melhor o que esperar da Ilha Grande e visita-la assim que possível!

Como chegar na Ilha Grande e onde se hospedar


Nesse post você saberá: (clique para ir direto):


Como chegar a Ilha Grande e Onde se hospedar

Como chegar a Ilha Grande

Primero passo – escolher de onde você quer sair

Você deverá ir até um dos quatro pontos de saída de embarcações para a Ilha Grande: Mangaratiba, Angra, Paraty ou Conceição do Jacareí.

Mas primeiro deve escolher de onde quer sair. Isso depende de alguns fatores e os principais são de onde você vem (norte, sul) e onde vai se hospedar na Ilha.

O mapa abaixo vai ajudar a termos uma visão dos pontos de saída e chegada, abaixo explico como é cada um deles:

Como chegar a Ilha Grande saindo de Cais, Angra, Magaratiba e Paraty

Saída de Mangaratiba: Chega na Vila do Abraão.

O ponto mais próximo do Rio mas com menos opções de horário de barcos para a Ilha Grande.

O transporte é feito de barca operada pela CCR e custa 14,00 reais e o trajeto leva cerca de 2 horas. 

Se for de carro pode tentar combinar horários para chegar a tempo de alguma das embarcações.

O ponto negativo é que a embaracção demora cerca de 2 horas para completar a travessia. O ponto positivo é que embarcç~es maiores podem ser melhores para quem sente enjoo em alto mar.

Saída do Cais Conceição de Jacareí (minha escolha): Chega na Vila do Abraão.

Como chegar na Ilha Grande e onde se hospedar - cais

Também é a opção com mais horários de barcos e lanchas e com a viagem mais rápida.

O transporte é feito de lancha, custa 30,00 reais e leva cerca de 20min. Independentemente da hora que chegar, você vai esperar em média uns 40 min pela próxima embarcação. Há opções de lanchas ou barcos maiores e mais lentos (se sente enjoo prefira esse).

Se for de carro, poderá estacionar seu carro aqui, se for de onibus saiba que ele para bem na entrada do Cais (foi a minha opção).

Saída de Angra: Há opções com destino a Vila do Abraão, Praia do Aventureiro, Bananal e Araçatiba.

Como chegar na Ilha Grande e onde se hospedar - lancha do cais

Transporte de Lancha e Barco, depende de qual local você irá. Para o aventureiro custa de 60 a 80 reais e demora de 1 a 2 horas.

Opta por sair de Angra quem vem de São Paulo, Paraty e ponto de saída obrigatório para quem quer acampar na praia do Aventureiro. Há opcões de estacionamento também para quem vem de carro.

Saída de Paraty: Chega na Vila do Abraão.

Opção possível porém bastante desvantajosa. O valor acaba ficando muito alto pois o praticado é aplicar um valor fixo de 2 mil reais mais o combustível gasto (totalizando cerca de 3 mil reais). Se estiver em Paraty, pode ir até Angra dos Reis e pegar as barcas lá.

( ! ) Lembre-se: a barca, catamarãs e embarcações maiores são mais estáveis, bom para quem enjoa fácil no mar. A lancha é menor e mais rápida mas está sujeita as movimentações do mar.

Segundo passo: Carro ou onibus

Não vai entrar de carro na Ilha, terá que estacionar em algum dos locais para isso. Por outro lado o carro permite mais flexibilidade de horários.

Se for de onibus: há opções de hora em hora ao Rio de Janeiro partindo para Angra pela Costa Verde. Comprando passagem para Angra pode descer em Conceição do Jacareí, mas pergunte na rodoviária se o onibus para lá ou se é direto.

Eu não comprei com antecedência, somente fui a rodoviária (Novo Rio) e comprei o próximo horário disponível, mas vale lembrar que estava na baixa temporada.

Para época de verão eu recomendo que você verifque os horários com antecedência para garantir que encontrará o melhor horário a você com disponibilidade.

Se for de carro, poderá estacionar nas cidades de Angra e Cais Conceição de Jacareí. A diária do estacionamento custa cerca de 30,00 reais mas pode subir na alta estação (de novembro a janeiro).


Onde se hospedar na Ilha Grande – Escolha seu estilo de viagem

Há opções para vários gostos só não espere da Ilha Grande um resort de luxo, o charme do lugar é justamente a cara rústica que possui e as pousadas tranquilas e de simplicidade.

Outra observação é que nem todas as praias são próprias para banho ou possíveis de se hospedar. O que signfica que a escolha da hospedagem determina como serão seus passeios.

Para escolher bem a hospedagem, defina seu perfil de viagem:

O lado “mais urbano” e prático – Pousadas da Vila do Abrãao.

Como chegar na Ilha Grande e onde se hospedar - vila do abraao
Há várias formas de chegar a Vila no Abraão

Onde há mais comércio, restaurantes e pousadas. Algumas pousadas ( são mais de de 170 opções) tem restaurantes também pra ficar com o pé na areia, muito bom!

Abraão também é um ponto central para se deslocar a outros pontos da Ilha, para trilhas e praias principais. Algumas das praias só se chega de barco e aqui há várias agências e horários de passeios disponíveis.

Hospedei-me na Pousada Lounier da praia que está bem na entrada da vila e de frente para o mar.

Como chegar a Ilha Grande e onde se hospedar - pousada lounier

É um local simples, mas cumpre seu objetivo. Fui super bem atendida e o café da manhã era perfeito (ponto alto daqui). A vista do café da manhã também é bem bonita, de frente pro mar.

( ! ) Dica importante: Procure locais com ar condicionado e quartos dos fundos, que são mais silenciosos. A Pousada que fiquei também tinha Wi-fi, que nem sempre funciona bem na Ilha mas aqui foi satisfatório.

Uma outra opção é ficar em hostel com quarto privativo (ou coletivo se preferir).

Como chegar a Ilha Grande e onde se hospedar - vista cafe da manha pousada lonier
Adorei a vista do Café

A Ilha tem duas opções ótimas e que me deixaram bastante balançada na escolha sobretudo pelo preço convidativo, numa próxma visita escolherei um dos dois com certeza!

Um deles é o famoso Che Lagarto e o outro é o Holandês Hostel. Ambos com café da manhã incluso e Wi-fi e instalações melhores que muitas pousadas da Ilha. O interessante do hostel é a cozinha e áereas comuns compartilhadas, que te aproximam dos outros hospedes.

( ! ) Dica: Quem vai buscando fechar passeios por conta própria (sem agências) pode se unir a outros viajantes e dividir uma lancha privativa por exemplo.

Uma viagem especial e reservada – Pousada privativa (românticas):

Você não precisa estar em casal para se hospedar, mas o clima dessas pousadas é muito especial uma vez que elas estão em porções exclusivas de praia. Ou seja, são praias privativas. Você sai do quarto e põe o pé na areia, sabe? Demais!

A pousada a qual tenho referência é a Pousada Praia da Camiranga, olha a foto de lá pra você entender o que eu to falando:

Como chegar a Ilha Grande e onde se hospedar - pousada romantica ilha grande
fonte: divugação

Sugiro você dar uma olhada nas fotos do pessoal do Booking pra observar outros angulos dessa pousada!

Viagem mais natural – Acampar – Aventureiro, Parnaioca ou Vila do Abraão:

Dependendo do local que você escolher terá um tipo de experiência ou outro.

Se optar por Camping na Vila do Abrãao terá a infra-estrtura da vila, se optar pelo Aventureiro ou Parnaioca terá uma experiência de mais contato com a natureza.

O interessante (na minha opinião) para quem acampa é procurar os camping do Aventureiro.

Além de ser uma das praias mais lindas de todas, oferece uma profunda imersão na natureza.

( ! ) Atenção: Nas praias Aventureiro e Parnaioca não há energia elétrica, significa que você vai largar o celular, acordar com o sol e ver mil estrelas a noite.

Como chegar a Ilha Grande e onde se hospedar - acampamento
fonte: IlhaGrande.org

Alguns camping tem barraca para alugar e a cobrança é geralmente feita por pessoa, e não por barraca. Há utensilios para cozinha e em alguns há a possibilidade de ficar em um quarto também ao invés de barracas.

Também é necessário fazer um cadastro pois há limite de pessoas permitidas nessas praias.

Esse registro é obtido em Angra e mais informações podem (e devem) se robtidas no site oficial da Ilha, o Ilha Grande.org

( ! ) Dica extra: como não há energia elétrica (sem ar condicionado) e a entrada só acontece mediante registro, pode ser muito mais fácil e confortável acampar na época de baixa estação, no inverno.

Mas acordar com essa vista acho que vale a pena né?

Como chegar a Ilha Grande e onde se hospedar - praia do aventureiro
Bom dia

Uma comparação? A Ilha Grande me lembrou muito o ar despojado de Santa Catarina, as praias menos urbanas e nativas.

Espero que tenha ajudado a explicar essa questão de onde sair e como chegar na Ilha Grande. Definir isso fará toda a diferença na sua viagem.

Uma sugestão aos visitantes de primeira viagem é hospedar-se na Vila do Abraão. Fácil de chegar a outros pontos da Ilha e farta rede de pousadas.

Se acampar for seu estilo, vá logo pra Praia do Aventureiro.

E se o foco for você ( e sua companhia) vá pras pousadas privativas que são puro amor.

Onde você irá se hospedar? Deixe seu comentário!

E confira o roteiro completo e dicas de passeios e restaurantes nesse post 🙂

booking aos viajantes


 

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...

11 Replies to “Como chegar a Ilha Grande e onde se hospedar (em detalhes!)

  1. Seu post veio na hora certa! Tô sonhando com Ilha Grande. Tava na maior dúvida com relação às pousadas e curti muito as da Vila do Abraão. Só vou preparar o bolso para essas diárias de estacionamento, hein?

    1. haha é verdade, sobretudo se for em alta estação. Eu ach que se você estiver saindo do Rio e ficar mais que um fds, vale a pena o onibus e aí não precisa pagar estacionamento. Ah! Aproveite e de uma olhada n outro post, com as praias roteiros e trilhas!

  2. Olá, Maíra! Post super bem explicado! Fomos duas vezes por Mangaratiba e dormimos em Abraão. A cidade é uma gracinha e um ótimo ponto de partida para outros pontos da ilha. Parabéns pela matéria. Abraços

    1. Fábio, seu post complementa o meu! Pois a visao de São Paulo eu não vivi na pele hahah. A pousada é incrivel! Eu ja sei de pedidos de casamento feitos aí e até lua de mel, é super especial mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Disqus Comments ...