Já pensou em fazer um intercâmbio?

Já pensou no Canadá?

Talvez voce já tenha pesquisado bastante sobre o que te espera lá

Mas será que voce sabe o que te espera ALÉM DA AULA de ingles?

Pois é pra te contar o que está além do óbvio que estou aqui 🙂

Voce vai descobrir dicas curiosas de quem fez um intercâmbio no Canadá por 40 dias!

(UAU!) Dá uma lida, e depois me conte o que achou.

( ! ) Se voce pensa em viajar o mundo mas não por intercâmbio, dá uma olhadinha aqui.


Fazer intercâmbio no Canadá vale a pena?

Diferentemente de uns 10 anos atrás, hoje é muito mais fácil e barato estudar fora do país e, nesse cenário, fazer um intercâmbio torna-se facilmente a viagem dos sonhos de muita gente.

Seja por jovens e adolescentes, impulsionados pelos pais a vivenciar sua primeira viagem internacional,  quanto para os adultos, já cansados de cursos de ingles ou focados na eficiência máxima na língua.

O Canadá é hoje o destino mais procurado pelos brasileiros para estudar uma segunda língua. Estados Unidos aparece em segundo lugar e, só depois, o Reino Unido. Outros países completam um Top 10 de preferência incluindo Austrália, Irlanda, Nova Zelândia, África do Sul, Suíça, Espanha e Alemanha.

Os custos para o destino são mais baixos com relação a outros destinos, há segurança e qualidade de ensino e certa facilidade para obtenção do visto. Sem mencionar a notória hospitalidade do povo Canadense.

( ! ) Investir em estudo pode ser a solução mais acertada em tempos de economia difícil.

E não há nada melhor para isso do que MORAR nem que seja por certo tempo no país da língua que voce quer aprender.

Para a gente ter uma noção do que nos espera de bom, ruim e curioso, convidei a Marina pra me contar o que ela achou da experiência que teve nos 40 dias em que ficou em Toronto, Vancouver e cidades em que visitou a passeio. Dá uma olhada no que o Canadá tem que o torna tão especial :

fazer-intercâmbio
Canadian, Seja um.

Marina, porque foi ao Canada? Porque escolheu esse país?

Fui ao Canadá para ter a minha primeira aventura internacional.Sempre achei o Canadá um país bonito, civilizado, desenvolvido e diferente para se visitar como primeira viagem internacional. Pra mim é um pais muito atraente em vários aspectos. Estudar inglês foi a desculpa que encontrei pra ir e arrumar companhia na viagem.

Voce viajou sozinha? Recomenda viajar sozinha, em grupo ou tanto faz?

Fui sozinha, e recomendo! Foi uma aventura viajar sozinha pra longe. Chegar, me virar sozinha, conhecer pessoas e criar situações novas todos os dias! É libertador não depender de pessoas viajando juntas pra se fazer o que quer. Na escola fiz muitas amizades com pessoas que estavam na mesma situação que eu, e assim sempre tive companhia pra fazer o que eu queria no momento. E em algumas ocasiões que não tive companhia, foi ótimo mesmo assim.

Voce tinha algum medo antes de ir? Ele se confirmou?

Medo de não ter dinheiro ou de não saber me comunicar, pois eu achava que precisava disso no início. Bem, eu provavelmente estava ansiosa, mas numa ansiedade boa, do desconhecido. Também acho que tive sorte com tudo, localização da casa, pessoas que encontrei, a escola em si. Deu tudo certo e meus medos não se confirmaram.

Em quais lugares você esteve no Canadá?

Vancouver, Victoria, Whistler, Toronto, Niagara on the Lake, Niagara Falls. Na visita às Rocky Mountains conheci Banff e Jasper.

Gostei mais de Vancouver, pois é uma cidade a meu ver perfeita. Tem uma natureza exuberante e ao mesmo tempo é uma cidade moderna em que tudo funciona, é completa e incrível.

Como são os Canadenses?

As pessoas no geral são atenciosas, muito educadas e civilizadas, embora um pouco frias, o que faz parte da educação e cultura delas. Os funcionários são todos bem treinados e simpáticos.

Qual a experiência única que o Canadá pode proporcionar? Voce viu ursos?

Uma experiência única foi pisar na neve pela primeira vez… Ficar feliz como uma criança, rir muito, congelar os pés, perder a sensibilidade, e tropeçar caindo de cara no chão sem nem perceber!

Vi MUITOS ursos, era uma das minhas metas!

Como é o transporte público?

Em Vancouver os ônibus, metrô e barca funcionam perfeitamente, pontualmente, todos integrados, possibilitando ir a qualquer lugar facilmente.  O curioso é que não é necessário passar em roletas, nem mostrar o bilhete a ninguém, salvo quando o guarda pede pra ver o bilhete. Aconteceu umas duas vezes em três semanas. Normalmente todo mundo tem o bilhete válido no bolso, e caso contrário é multado (multa alta). Os bilhetes são caros…

Andar de táxi não é barato, por isso só usei uma vez. Existem ônibus noturnos, que passam pontualmente nos horários estabelecidos. Tudo funciona perfeitamente.

Toronto apesar de ser uma cidade antiga também tem um sistema de transporte muito bem estruturado.

Como é a comida? O que comeria todo dia e o que não voltaria a comer nunca?

Não viajei muito interessada em explorar a culinária, até porque eles não tem muitos pratos típicos, além da clássica poutine. Existem muitos restaurantes japoneses, muitas lanchonetes (pizza, hamburguer, donnuts, comi muito…. )Eles não têm o costume de almoçar, sempre comem lanches ou coisas práticas.

Gostei de tudo que comi, desde o feijão doce até o espeto de almôndegas agri-doces com cheddar! O diferente não me assustou.

No mercado, galões de leite de 4 litros, manteiga de amendoim de 2, ou 3  kg, potes enormes de nescafé, maionese e até NUTELLA!

Comeria poutine todo dia! São batatas fritas com com molho de carne ( chamado de gravy) com um creme de queijo maravilhoso!

O que me incomodou um pouco foi que eles usam muito pepino nas comidas.

 Festas e Bares, Como são?

Fui a alguns pubs em Vancouver e Toronto, a uma festa no barco em Toronto, e a duas boates em Banff, em todos me diverti horrores! Os canadenses sabem se divertir!

O que é incrível no Canadá?

A organização das cidades e todas as paisagens que vi.

 Defina o Canadá em uma palavra!

Amazing!

O que não foi bom? O que você odiou?

Odiei não ficar mais tempo!

E Afinal, Canadá Vale a pena?

Sim!! Amei tudo que vi. Tenho certeza que cada pedaço do país é maravilhoso.


 

fazer-intercambio-canadaA Marina tem 30 anos, gosta de dar risadas, falar muito, comer, praticar esportes, animais, estar na natureza e relaxar ao ar livre em lugares bonitos, tranquilos e com pessoas agradáveis…

É uma pessoa prática e otimista em busca de momentos felizes.

Com essas dicas, voce já sabe o que vai encontrar fora da sala também.

Mantenha a mente aberta. Nada melhor do que conhecer novas culturas, pessoas e ambientes, e espero que eu tenha te ajudado.


Vá ao Canadá e depois me conte se a Marina estava certa! 😉 Se você estiver pensando em morar no Canadá, já conversei aqui com o Alexandre e te conto como fazer.

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...