santiago do chile parte 2

Que moeda levar? Onde ficar? E o transporte, voos?

Continuo aqui os posts sobre o Chile e agora vamos falar sobre dicas gerais de transporte, custos e etc e detalhes de como chegar e ficar em Santiago. A cidade será um bom ponto inicial ou final não importa quantas vezes voce for ao Chile.

Leia esse post todinho e se for o caso, leve-o impresso com voce, algumas dicas serão úteis antes e durante sua estadia em Santiago.


Outros posts da série Chile

Parte 1: Turismo no Chile, o que fazer? DECIDIR O DESTINO e comprar a passagem

Parte 3: Roteiro épico 7 a 10 dias em Santago e região. Completíssimo, como eu gosto de fazer.

Parte 4: Guia Gastronômico em Santiago. Por bairro, valores e culinária!

Parte bonus: Guia de Hotéis e Bairros para se hospedar. O que estava faltando!


Inscreva-se no Blog para receber posts no email


Santiago Chile primeiros passos - voos e aeroportos

Para ir direto do Brasil ao Aeroporto Internacional de Santiago, o Comodoro Arturo Merino Benitez (SCL), somente saindo das capitais Rio de Janeiro e São Paulo. As demais cidades fazem voos com escalas para essas duas cidades.

A LATAM e parceiras e a GOL  operam com voos diretos e a AirFrance e a Avianca tem voos com escalas e conexões.

Comprando passagem com antecedência entre 3 e 5 meses voce consegue os melhores preços. Por exemplo, comprando agora (mês de junho) você consegue os melhores preços para uma viagem entre setembro e outubro.

( ! ) Quando chegar no aeroporto e estiver esperando as malas, repare nos cachorrinhos cheirando uma a uma para procurar drogas e outros itens ilegais (veja a foto ali embaixo).

Um bom valor médio na passagem (2017) é entre 650,00 e 850,00 reais, tomando como base voos saindo de São Paulo e Rio de Janeiro (os voos diretos).

Compras voo de ida e volta pelas mesmas cidades saem mais em conta na maioria dos casos, caso você esteja considerando conhecer outros locais do Chile, pode ser mais vantajoso chegar e sair por Santiago mesmo que você não pretenda permanecer por lá.

Os voos internos no país são bem operados pela low cost SkyAirline. Verifique e simule uma ida direta para a cidade de destino, e também uma ida fazendo escala em Santiago ( e quem sabe passeando por lá tb).

A dica final é curtir a paisagem ao longo do voo. A vista das cordilheiras lá de cima é um brinde perfeito. Na ida, procure assentos no lado esquerdo do avião, na volta vá pelo lado direito (vai por mim, e olha a foto que tirei).


Santiago Chile primeiros passos - moeda e câmbio

Sempre uma das maiores dúvidas dos viajantes é se virar na hora da troca de moeda.

O Chile usa o Peso Chileno e alguns lugares aceitam dólares também.

Para pagar em dinheiro

Uma regra geral, não importa o destino é: troque a menor quantidade possível no Brasil ou nem troque aqui. As taxas dos aeroportos costumam ser altas mas ainda assim pagam melhor que casas de câmbio brasileiras.

Se ficar em Santiago pode levar reais para trocar, se for a outros locais, melhor levar dólares para trocar ou dinheiro já trocado.

As casas de Cambio de Santiago oferecem uma cotação a preço justo e eu recomendo a AFEX, principal rede da cidade.

Prefira trocar seu dinheiro de terça a quinta, quando há cotação melhor! Aos finais de semana, o valor sempre sobe.

Anote os endereços das casas de câmbio:

  • Shopping Parque Arauco (segunda a sábado das 10h às 20h30; domingo e feriados das 11h às 20h30).
  • Calle Catedral 1063, Centro (abre de segunda a sexta, das 9h às 19h e sábado, domingo e feriados das 10h às 19h).
  • Estação Central (abre de segunda a sexta das 9h às 20h, sábado das 10h às 19h, domingo e feriados das 11h às 18h).
  • Calle Pedro de Valdívia 012 , Providência (segunda a sexta das 9h às 18h; sábado das 10h às 14h; fechada domingo e feriados).

Para ver a taxa de câmbio do dia, consulte o site de Câmbios em Santiago (na coluna de compra).

Para pagar no cartão de crédito ou pré-pago

Cartão de crédito sempre salva em momentos de apuro e, embora a taxa do IOF assuste, as vezes ela compensa maIs que a conversão em casa de câmbio.

Por exemplo, trocando reais por pesos chilenos numa casa de cambio brasileira voce perde cerca de 20% do valor que teria se trocasse a moeda no Chile. Bem contadinho essa porcentagem acaba ficando muito maior que o IOF do cartão de crédito.

Conclusão: se não quiser fazer cambio no aeroporto (ou a casa estiver fechada) pode usar o cartão de crédito brasileiro para pagar seu transfer/taxi e etc.

Se quiser usar um cartão pré-pago terá que usar o cartão com recarga em dólares pois não há (ainda) um cartão para pesos. Atualmente essa opção não está valendo a pena.

( ! ) Lembre-se de liberar o seu cartão para uso no exterior junto ao seu banco.


antiago Chile primeiros passos - O Hotel onde se hospedar

Tão divertido quanto comprar a passagem é reservar onde vamos dormir. Eu amo essa etapa.

Posso te adiantar algumas dicas aqui, mas se quiser ainda mais, leia o post Guia de Hotéis em Santiago – Os melhores!

Para escolher, pense o seguinte: esteja perto de uma estação de metro, a partir daí , sugiro os seguintes bairros:

Bairro Providência, onde me hospedei. Um bairro com bastante comércio, mercado e restaurantes, com malha de metro boa além de bonitinho. É o bairro preferidos dos turistas e com um Hotel da rede IBIS bem bom. Quem gosta do hotel classicão pode se encantar com o Radisson, também bem localizado.

O Bairro Lastarria e BellaVista estão mais para o centro, tem aquela confusão de centros de cidade mas também costumam ter preços mais amigos. Perto dos agitos de Santiago, das casas noturnas, bares e locais para turistar. O MITO Casa hotel e Boutique tem uma localização bem interessante, perto a linhas de metro centrais, além da decoração legal e quartos amplos. Outra opção interessante é o Hostel Andes, um dos melhores da cidade e bem localizado, com bom preço e limpinho. Interessante para viajantes sólos.

Bairro El Golf, outra opção bem boa localizada relativamente próxima ao bairro Providência mas tem um ar mais contemporâneo. Tenho a impressão de que pessoas a trabalho se hospedam aqui para fugir dos turistas de providência. Bem por isso o bairro é mais calmo, mas tem um ar de riqueza, lojas e butiques grifadas. Também tem opção mais em conta aqui que pode ser o Hollyday INN, ou o Neruda Express.


Santiago Chile primeiros passos - transfer aeroporto hotel

Ao chegar no aeroporto você terá algumas opções para ir ao seu hotel:

Há Transfer com preço já fechado dependendo do bairro, há os táxis, o Uber , Onibus (dependendo da hora)e também vans coletivas de transporte.

Os táxis oficiais tem preço tabelado. Do aeroporto ao bairro Providência, fica em torno de 20.000 (US$ 30) podendo pagar no cartão de crédito.

O Transfer é feito pela Transvip e podem ser reservados online. Partindo da mesma referência (aeroporto-providência), o trânsfer sai a 20.000 pesos (US$ 30) em táxi executivo, 28.400 pesos (US$ 40) em táxi exclusivo tipo van para até 7 pessoas ou 7.600 pesos (US$ 10) na van compartilhada. Também pode pagar no cartão de crédito direto do Brasil.

É possível também ir com o ônibus da TurBus até a estação Pajaritos do metrô por 1.600 pesos (US$ 2,40) e de lá seguir ao hotel de metro por 610 a 740 pesos (entre US$ 0,90 e US$ 1 dólar, dependendo do horário).

A Atual opção e a preferida pelos usuários desde que existe é a Uber, que também chegou a capital Chilena e funciona da mesma forma que aqui no Brasil. Os táxis (como falarei mais a frente) não tem fama nada boa por lá e a Uber atende bem aos seus usuários.


Santiago Chile primeiros passos - O Metro de Santiago

A malha de metro de Santiago é ótima e invejável!

Eu usei táxi lá 3 vezes apenas (não havia Uber) , todo o restante fiz de metro. Há opção de conexão entre metro e onibus também, mas confesso que não precisei, onde eu ia fui servida com metro.

ATENÇÃO: Funciona das 6:00 as 23:30  mas a bilheteria funciona apenas até as 23:00 hrs! 

Em Santiago tem uma coisa interessante que é a tarifa flexível de acordo com o horário de uso do transporte. Uma espécie de incentivo e desconto na tarifa para quem pode transitar fora do horário de pico. O horário mais barato é chamado BAJO, o de pico PUNTA e um intermediário é chamado VALLE.

  • Horário Punta: Custa $740 Pesos*. Vai de 07:00 – 08:5959 e das 18:00 – 19:5959
  • Horário Valle: Custa $660  Pesos*. Vai de 06:30 – 06:5959 , 09:00 – 18:00 e das 20:00 – 20:4459
  • Horário Bajo: Custa $610 Pesos*. Vai de 06:00 – 06:2959 e 20:45 – 23:00

( ! ) Aos Sábado, domingo e Feriados a tarifa é a Valle. *Os valores são válidos para 2016.

O mapa de metro de Santiago voce encontra no final desse tópico e pode clicar para abrir a imagem, mas eu sugiro que voce instale os aplicativos no celular ou tablet e divirta-se. (O app Google Maps também indica bem os caminhos).

Eu utilizei onibus de linha somente para ir da cidade litorânea Viña del Mar até a cidade patrimônio Valparaíso. Foi uma aventura, confesso. Você tem que pagar com o dinheiro contadinho pois não há troco. Essa foi a única experiência que tive usando onibus urbano, foi ok mas em Santiago, sinceramente, não precisa. O Metro é mais rápido, mais eficiente e mais fácil pra turista não se perder.

Clique no link Metro de Santiago para ver o Mapa Completo do metro.


Santiago Chile primeiros passos - Rodoviárias

Aqui falamos tanto dos ônibus de linha como os que fazem as viagens intermunicipais.  

Santiago possui 6 Rodoviárias, isso mesmo SEIS locais para pegar ônibus e eles servem diferentes locais, desde os municípios Chilenos como a outros países vizinhos.  Vamos a cada uma delas:

Terminal Alameda

Se o seu objetivo é ir para: O Sul do Chile (Pucón, Puerto Varas, Temuco, Valdívia e Chiloé) , Aeroporto, e Ainda as cidades Valparaíso, Viña del Mar e Isla Negra. É servido pelas empresas Turbus e Pullman.

Tem conexão direta com o metro; Estação Universidad de Santiago.

Já te adianto que essa foi a que eu usei.

Para as cidades mais visitadas/turísticas há onibus até de 20 em 20 min. O Bilhete pode ser comprado pela internet ou na rodoviária (mas aí lembre-se de chegar com antecedência).

Terminal Santiago

Se o seu objetivo é ir para: O Sul do Chile  e Destinos Internacionais (Argentina, Brasil, Bolívia, etc) Tem mais companhias e serviços que o Terminal Alameda e fica bem perto dele. Vale a pena conferir os dois locais para buscar o melhor preço e horário.

Metro: Estação Universidad de Santiago.

Terminal Pajaritos

Se o seu objetivo é ir para: Valparíso e Viña del Mar são os principais destinos.Vale a pena se for  mais perto do hotel e houver um horário legal para voce. É apenas mais um opção alem do Terminal Alameda.

Metro: Estação Pajaritos.

Terminal Terrapuerto Los Héroes

Se o seu objetivo é ir para: Os Andes e San Felipe (Cordilhera) e Mendonza ( na Argentina). Se seu objetivo for esses locais, talvez seja melhor sair por aqui. Mas lembre-se: o Aos Viajantes recomenda que as Cordilheiras sejam visitadas com guias e pessoas que conheçam o local por motivos de segurança.

Metro: Estação La Moneda.

Terminal San Borja

Se o seu objetivo é ir para: A região Norte do Chile, Atacama, Arica, Iquique, La Serena (etc). Essa estação tem ligação direta com o metro e com o terminal de trens. Fica também próxima as estações Alameda e Santiago.

Metro: Estação Central.

( ! ) Na dúvida de onde ir, peça ajuda aos Chilenos, eles saberão qual o terminal rodoviário mais adequado incluisve de acordo com a época/dia.


contato de emergencia - consulado e embaixada

Espero que nada te aconteça a ponto de você precisar recorrer a embaixada e ao consulado.

Caso precise, anote já os endereços e contato desses locais. Isso é algo que voce deve anotar em papel (nada de celular) e antes de sair do Brasil para fins de emergência.

Consulado do Brasil em Santiago:

Rua Enrique Maclever, 225, 15º. Metrô Santa Lucía. Tel.: 820-5800 Plantão de emergência: 09/9334-5103 (celular) Site: www.consuladodebrasil.cl

Embaixada do Brasil em Santiago:

Rua Alonso Ovalle, 1665. Metrô Los Héroes. Tel.: (02) 698.2486 Site: www.embajadadebrasil.cl E-mail: embrasil@brasembsantiago.cl.


Quantos dias ficar e o Clima

Falei sobre esse e outros assuntos no tópico do Chile Parte 1, se você perdeu esse post pode ver aqui: Turismo no Chile, o que fazer? ( Parte 1).


Chegamos ao fim da Parte 2 da série Chilena. 🙁

E o que voce achou? Respondi sua dúvida? Deixa ela aqui nos comentários que eu respondo todas.

E se ainda não é inscrito, assine o Blog para receber posts assim no seu email assim que sair. 😉

Leia tudo sobre o roteiro de 7 a 10 dias por Santiago e região

Advertisements

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...

3 Replies to “Santiago Chile – Primeiros passos (Parte 2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Disqus Comments ...