A partir de Fevereiro e ao longo de todo o ano, vou te contar os melhores lugares para conhecer em cada dia do mês que está por vir.

Serão 12 listas como essa para guardar e consultar.

Os 366 lugares que irão surgir aqui até o fim do ano vem do livro da Lonely Planet chamado The Best Place to be Today: 365 Things to do & the Perfect Day to do Them”, ainda sem tradução para o português e que só vende por encomenda. Seria algo como: O melhor lugar para se estar hoje: 365 coisas para fazer e o dia perfeito para fazê-las, na minha tradução livre, em português e de graça. 

( ! ) Mas voce também pode divulgar esse post e me ajudar, afinal o livro veio de algum lugar 😉

Outro motivo para acompanhar essa série (ao invés do livro) é a de que eu vou incluir nossos feriados, e assim te chamar a atenção para aquela data como possível viagem.

Esse mes de Fevereiro é mês de Carnaval no Brasil, então obviamente que ele vai aparecer por aqui, embora não apareça lá na lista do livro.

No início de tudo, vou trazer o dia e o local indicado, e depois cada local será detalhado. Achei mais fácil assim pois são MUITAS informações.

Comentem se essa forma ficou legal, ou se uma tabela (como um calendário mesmo) ficaria melhor, ok?


Para não perder posts como esse voce pode se inscrever aqui ou no formulário que aparece no final desse post. 😉


Calendário de Fevereiro

Fevereiro é um mes adequado para curtir não só o nosso carnaval mas outros carnavais pelo mundo. Também é um mês ótimo para caminhadas, montanhismo e esportes radicais devido ao clima seco dos locais adequados para esses passeios ou esportes.
01 de FEV – China. Harbin
02 de FEV –  México. San Ignacio Lagoon
03 de FEV –  Malásia.
04 de FEV – Tanzânia. Parque Nacional Serengeti
05 de FEV –  República Dominicana.
06 de FEV –  Índia. Ladakh
07 de FEV –  Canada. Québec
08 de FEV –  Antártica
09 de FEV –  Suécia Lago Mälaren  a oeste de Estocolmo
10 de FEV –  Egito. Cairo para Aswan
11 de FEV –  Belize. 45 km em alto mar  sul de Belize
12 de FEV –  Belize. 45 km em alto mar  sul de Belize
13 de FEV –  Austrália.
14 de FEV –  Itália. Basilica di São Valentino
15 de FEV –  Itália. Piazza San Marco  em Veneza
16 de FEV –  Bolívia. Oruro
17 de FEV – Bélgica. Província de Hainaut
18 de FEV –  Botswana.
19 de FEV –  Rússia. Moscou
20 de FEV –  México.
21 de FEV –  Japão. Kannon-in Temple  Okayama
22 de FEV –  Tanzânia. Norte da Tanzânia
23 de FEV –  Filipinas.
24 de FEV – Costa Rica.
25 de FEV –  Austrália. Cradle Mountain-Lake St Clair.
26 de FEV –  EUA. Oahu  Havaí.
27 de FEV – Nova Zelândia.
28 de FEV –  França. Menton  Riviera Francesa.
29 de FEV – EUA. Wyoming.

Onde ir em Fevereiro? Dia a Dia

01 de FEV
Harbin, província de Heilongjiang, China.

Porque agora: Deslumbre-se com a arte de gelo espetacular.

O local possui um dos climas mais frios da Ásia mas do auge do inverno surge o Festival Internacional de Gelo e Neve. São esculturas elaboradas em gelo incluindo recriações de edifícios famosos e estruturas. Há outras atrações, incluindo o tigre do parque do tigre siberiano, cuja única missão é reproduzir-se e salvar o tigre siberiano da extinção. Quem está em Moscou pode chegar fácil até aqui de trem.

onde-ir-em-fevereiro-01
China
02 de FEV
San Ignacio Lagoon, Baja, México.

Porque agora: Para cumprimentar as baleias cinzentas.

A baleia cinzenta quase foi extinta mas após anos de conscientização e cuidados ambientais elas voltaram a possuir uma população notável. O surpreendente é que essas em particular começaram a responder positivamente à presença humana. As baleia grávidas fazem a travessia da costa Baja até a costa da Califórnia para ter seus bebes e é nesse momento que chegam perto dos visitantes. É possível também testemunhar os encontros das baleias fêmeas com baleias macho, no momento do acasalamento, o que torna o fato ainda mais extraordinário pois normalmente as baleias tem encontros reservados e não gostariam de turistas por perto.

03 de FEV
Batu Caves, perto de Kuala Lumpur, Malásia.

Porque agora: Ocorre o festival Hindu de culto a Murugan e desfiles.

Um festival Hindu da Malásia e uma orgia de piercings corporais, marcando o dia em que o filho de Lord Shiva, Murugan, venceu três demônios. A maioria dos adeptos são os kavadi, os devotos que se submetem a atos masoquistas (UI). Muitos fiéis carregam leite em panelas (Kudam paal), muitas vezes ligado a sua pele por ganchos (UI 2). Ainda mais impressionante é o kavadi vel – grandes gaiolas que perfuram a pele do engaiolado e são decorados com penas de pavão, imagens de divindades e flores. Um estado de transe impede os participantes de sentirem dor (assim dizem). As feridas são tratadas com o suco de limão e cinzas para evitar cicatrizes. Senti dores só de pensar nisso.

04 de FEV
Parque Nacional Serengeti, na Tanzânia.

Porque agora: Evitar as multidões que vêm para a grande migração, mas ainda assim ver o que deve ser visto.

Voce com certeza pode ver um felino em qualquer Safari, mas o que voce não verá é um felino específico, a chita.  Isso ocorre porque a chita é uma caçadora diurna, tornando-a fácil de detectar nas planícies abertas do Serengeti. Visando apenas os mais rápidos antílopes – impalas e gazelas – uma chita corre tanto que voa, atingindo velocidades de 110 km/h a fim de prender sua presa. A área do rio Wandamu no Parque Nacional Serengeti tem alta densidade de chita. É só olhar para o ambiente para vê-las caçando durante as horas mais frescas do início da manhã. Ah sim, no final da tarde, você pode espionar um leopardo empoleirado no topo de um monte olhando o horizonte como se estivesse sozinho por ali. Achei fofo.

05 de FEV (Sexta-feira e Início do Carnaval Brasileiro)
Cabarete, North Shore, República Dominicana.

Porque agora: Porque as ondas estão no seu melhor momento para prática do windsurf.

A Baía de Cabarete parece feito sob medida para o windsurf. Um recife no lado contra o vento da baía protege ondas e correntes, deixando uma enorme área de água rasa e plana. Com ventos matinais de luz e mares suaves, a baía é ideal para iniciantes. Na parte da tarde, os ventos chegam, soprando de leste a oeste e atingem velocidades de entre 25 km/h e 40km/h. Cerca de 1 km para fora, as ondas quebram sobre um segundo recife de coral, e windsurfistas mais profisionais ficam por aqui. Pu seja, tem pra iniciante e tem pra profissional. Kiteboarding também é explorado aqui. Se voce for fã desses esportes, venha em fevereiro.

06 de FEV (Sábado de Carnaval)
Ladakh, acessível através de Leh, Índia.

Porque agora: Caminhada pelo rio Zanskar enquanto ele está congelado.

O frio extremo em Ladakh faz com que seja pouco visitada no inverno. A região é montanhosa e a única maneira de chegar e sair é voando. No entanto, para aquelas almas resistentes ao frio e que querem fazer algo estranho, essa é a hora de caminhar ao longo do rio congelado de Zanskar para Padum. Bom pra quem curte caminhada, são 8 horas para a travessia com direito a umas sonecas no meio em abrigos sob a rocha. Além disso, você vai visitar aldeias remotas do Himalaia, sentir a cultura local e começar a testar a si mesmo em um dos desafios mais difíceis de caminhada da região ( e talvez do mundo).

07 de FEV (Domingão de Carnaval)
Québec City, Canada.

Porque agora: Para conhecer a maior festa do inverno do mundo

09 de FEV (Oficialmente Carnaval no Brasil)
Lago Mälaren, a oeste de Estocolmo, Suécia

Porque agora: O gelo é excelente, e você pode pegar o lendário patim raça Vikingarännet

A Suécia é nação da patinação de gelo. Sempre que o gelo fica grosso o suficiente, Estocolmo é explorada por patinadores e entusiastas que procuram uma pista mais longa. Seguindo a oeste de Estocolmo, Mälaren é o terceiro maior lago da Suécia e um local de patinação “vip”. Voce pode patinar por toda a água doce congelada e ir parando em cidades e pontos turísticos pelo caminho, como o centro comercial Viking de Birka, que abriga o maior cemitério da Era Viking na Escandinávia. Há também o evento chamado Vikingarännet , que só acontece quando o gelo do lago é muito grosso; mais provavelmente em fevereiro. Iniciado em 1999, este evento é uma espécie de maratona de patinadores de 80km de extensão. O record da prova é de 2 horas e 35 minutos. Vai tentar?

Não podemos esquecer de citar o Brasil aqui. O Rio de Janeiro é mundialmente conhecido por seu carnaval, as escolas de samba na avenida são como um teatro-musical a céu aberto e enorme, sem falar nos bloquinhos de rua que crescem a cada ano em adeptos. São Paulo também possui carnaval similar, Bahia com seu axé, Olinda com o frevo, e inúmeras outras regiões e cidades oferecem um turismo de carnaval enorme. Se voce gosta da festa e vai pro Rio, dá uma lidinha aqui nas 40 dicas do que fazer por lá nesses dias 😉

 

10 de FEV (Quarta-Feira de cinzas)
Cairo para Aswan, Egito.

Porque agora: O poderoso rio Nilo está cheio, permitindo a navegação, e o clima é ameno.

As cenas nas margens do Nilo – palmeiras, campos arados-bois, templos de pedra antigos – mudaram muito pouco ao longo dos séculos, se não milênios. Além disso, o Nilo é muito mais do que um rio, é a alma do Egito. Há a mitologia e a história envolvida e se você curte esse tipo de turismo essa é a época perfeita pois o rio está cheio e o clima ameno. Em fevereiro, as temperaturas variam entre 18 ° C no Cairo a 25 ° C em Aswan. O fato do rio estar cheio é o que permite a navegação por ele, ir ao Egito e não fazer um passeio de barco pelo Nilo é igual a não ir ao Egito, então garanta fazer essa viagem entre Fevereiro e Abril.

11 de FEV
Mendonza, Argentina.

Porque agora: Por ser a melhor época para fazer caminhadas, escaladas e escursões pelas montanhas.

A 6960m de altitude o Aconcágua é a maior montanha fora do Himalaia. E isso chama a atenção dos escaladores. Leva-se em torno de 15 dias, incluindo o período de adaptação, para subir toda a montanha. Trilhas de diferentes  distâncias podem ser realizadas, a menor tem 40km e a maior e mais difícil, tem 76km de extensão, e claro, o melhor cenário. Nunca suba sozinho, e só montanhistas profissionais é que podem subir sem a presença de um guia. Se voce quer subir a montanha do Aconcágua, essa é a época.

12 de FEV
45 km em alto mar, sul de Belize, Belize.

Porque agora: Pelo clima, época de seca, entre Natal e Páscoa.

Recife Glover está mais ao Sul que os outros dois atóis de Belize. Seis bancos de areia branca e palmeiras estão espalhadas ao longo do atol, local para resorts e bases de mergulho. Mergulhadores, esse é seu local e momento! É comum ver arraias do sul, tartarugas, moreias, golfinhos, tubarões, garoupas, barracudas e peixes tropicais do recife. Os recifes de corais na lagoa central são perfeitos para praticantes de snorking.

13 de FEV
Eungella National Park, Queensland, Austrália.

Porque agora: Para o turismo natureba, essa é a melhor chance de ver os bebês ornitorrinco fazerem suas primeiras incursões no mundo.

A Austrália tem um monte de criaturas estranhas, mas nenhum é tão difícil de entender como o ornitorrinco. O animalzinho é semi-aquático, colocam ovos e possuem veneno nas patas traseiras. E no Eungella National Park de Queensland há plataformas de observação para o rio em que uma série de ornitorrincos gostam de nadar. Entre dezembro e fevereiro você pode até vislumbrar ornitorrincos bebê remando atrás de suas mães. A maioria dos avistamentos ornitorrinco são feitas no início da manhã ou final da tarde, quando eles se alimentam.

14 de FEV
Basilica di São Valentino, Terni, Úmbria, Itália.

Porque agora: Para casais é um dia em que o mundo está apaixonado. Lua de mel em Fevereiro? Venha para cá.

O dia dos namorados no Brasil é 12 de junho mas no resto do mundo ele é comemorado em 14 de fevereiro (Valentine’s Day). E onde melhor no mundo para se estar com alguém nesse dia apaixonado? Na Festa de São Valetino em Úmbria cidade natal do santo. Diz-se que em Terni, Valentino, muitas vezes presentava jovens visitantes com flores de seu próprio jardim. Dois desses visitantes apaixonaram-se e casaram-se, e assim nasceu a conexão do dia e Santo com o amor. Em 14 de Fevereiro há a festa em torno da basílica onde os restos do santo casamenteiro estão enterrados. O festival inclui o “Prêmio Amor do Ano”, que homenageia um ato especial de amor – um Prêmio Nobel da Paixão. Ideal para conhecer com seu amor, aproveite e visite também as cachoeiras artificias de mármore, criada pelos romanos, a 7 km da cidade.

Se você está procurando lugares para conhecer no dia dos namorados veja aqui. 😉

onde-ir-em-fevereiro-14
Love is in the Air
15 de FEV
Piazza San Marco, em Veneza, Itália.

Porque agora: Para vestir uma máscara com seu amor na cidade mais romântica do mundo e “inventora” do carnaval.

Aproveite a estadia na Itália (do dia 14) e  clima de romance e vá para Veneza curtir a mais famosa esta a fantasia do mundo. Venezianos comemoram o Carnaval desde pelo menos o século 15, quando os clubes privados organizavam bailes de máscaras. Por volta do século 18 Veneza estava na #VidaLoka, e a festa durou dois meses, sendo então criado, por assim dizer, o carnaval, a “festa da carne”. Após anos de declínio, ele foi abandonado quando Mussolini proibiu o baile de máscaras. Foi revitalizado em 1979, retomando o seu lugar entre os melhores festivais do mundo. A abertura oficial é no sábado, quando uma procissão mascarada deixa Piazza San Marco. Os destaques incluem concurso de dança e um desfile de barcos e gôndolas decorados pelo canal de Veneza. Muito se passa fora dos principais eventos também. Pra quem quer festa das boas e fora do Brasil, o Carnaval de Veneza é uma boa opção, não esqueça sua máscara.

onde-ir-em-fevereiro-15

16 de FEV
Oruro, Bolívia.

Porque agora: Para assistir a ‘obra-prima’ cultural.

Classificado pela UNESCO como uma obra-prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade, o Carnaval de Oruro é a maior celebração anual da Bolívia. Sua peça central é La Diablada, um desfile extraordinário de 20.000 dançarinos e 10.000 músicos num esquema meio teatro de rua. A apresentação é liderada pelo personagem chamado, San Miguel. Atrás dele vêm os demônios e uma série de ursos e condores. Quando os arcanjos e os demônios chegam ao estádio da cidade, eles encenam dançando uma batalha entre o bem e o mal. Após o bem triunfar sobre o mal, os dançarinos se dirigem ao Santuário da Virgem del Socavón.

17 de FEV
Binche, província de Hainaut, na Bélgica.

Porque agora: Para ver a Bélgica em seu estado mais bizarro.

Seguindo a onda de carnavais pelo mundo, venha preparado para o carnaval mais bizarro do mundo. Os homens locais, Gilles, fazem uma parada pela cidade de Binche vestindo estranhas máscaras de olhos verdes e agitando paus para afastar os maus espíritos. A dança lenta dos Gilles através da cidade, é acompanhado por rapazes que transportam cestas de laranjas. E aí aumenta a estranhisse, a multidão é alvejada com laranjas para abençoar o próximo verão. Não importa o quão tentador, não arremesse a laranja de volta se você pegar uma – é um presente! Os rituais (e as vezes alguns trajes) são de 150 anos atrás.

onde-ir-em-fevereiro-17
medo
18 de FEV
Parque Transfronteiriço Kgalagadi, Botswana.

Porque agora: As chuvas chegam este mês.

Kgalagadi significa “terra de sede”. Os dois rios presentes nos 52 mil km²  fluem somente uma vez a cada 10 anos. É um lugar duro, mas rica em vida selvagem. Amplamente considerado um deserto, é tecnicamente savana semi-árida. Isso fica claro quando as chuvas chegam em fevereiro e transformam a paisagem em gramados verdinhos. Bom para quem gosta de natureza em espetáculos meio que exclusivos.

19 de FEV
Vassilyevsky Spusk, Moscou, Rússia.

Porque agora: Para comer bem antes que chegue a Quaresma e celebrar a Maslenita.

Maslenita, é uma espécie de carnaval, um festival da Rússia que celebra o fim do inverno e o início da primavera, dando início a Quaresma. Assim como comer compulsivamente as panquecas russas, o festival de uma semana dispõe de trenós puxados por cavalos, palhaços contadores de história e ursos bebendo cerveja (han?). Maslenitsa é comemorado em toda a Rússia, mas permanece mais vivo em Moscou, onde é criada uma “cidade de Masenitsa”, chamada Vassilyevsky Spusk. Quando estiver lá, passeie pelo Kremlin e, em seguida, se maravilhe com as ‘cúpulas cebola’ (e um Lenin embalsamado) na Praça Vermelha.

20 de FEV
El Rosario Butterfly Sanctuary, Michoacán, México.

Porque agora: As borboletas começam a surgir formando uma massa de borboletas só vista aqui.

Aldeões mexicanos locais chamam-nas de las palomas – “almas das crianças perdidas” e a explicação gerou toda uma história. Perguntava-se onde é que as 120 milhões de borboletas-monarcas (aquela amarela e preta) da América do Norte iam a cada inverno. O mistério permaneceu desde sempre até o ano de 1975, em que descobriu-se a incrível história das borboletas que hibernam. Por quatro a cinco meses as borboletas permanecem quase imóveis, mas nos primeiros dias de aquecimento em fevereiro elas começam a se mexer. Em poucos dias a população toda acorda e voa formando a massa de borboletas laranja (como a foto).

Olha, não é pra mim esse passeio não (UI!).

onde-ir-em-fevereiro-20
ui
21 de FEV
Kannon-in Temple, Okayama, Japão.

Porque agora: Festival de nu, sumo e outras coisas bizarras no Japão.

Interessante o livro trazer esse dia aqui, ao que tudo indica esse evento é o mais louco da lista e há boas chances de voce querer usar seu 21 de fevereiro com outro objetivo, mas se quer completar a lista dos imperdíveis do dia, vamos lá:

Chamado de Saidai-ji Eyo é o maior e mais extraordinário festival nu do Japão, isso mesmo. Tem sumo, tem luta, tem até orgia, com milhares de homens em tangas lutando por duas shingi sagradas (varas de madeira), enquanto água gelada é derramada sobre eles. Abastecido pelo álcool, brigas são comuns. Há também uma boa chance de hipotermia: a média de temperatura em Okayama fica em torno de 1 ° C. Às 11h os combatentes entram no templo; à meia-noite, os shingi são jogados no meio da multidão e um frenesi segue. HOW BIZAR!

22 de FEV
Norte da Tanzânia, Tanzânia.

Porque agora: Para ficar no topo da África no tempo bom, e fora da época de turismo

Pairando sobre planícies ricas em vida selvagem, o Monte Kilimanjaro (5895 m) é a montanha mais alta da África. É também um dos desafios do continente mais populares. Em janeiro há multidões fazendo o percurso, mas aproveita-se melhor o tempo no final de fevereiro. Há uma variedade de rotas até a montanha, a mais antiga e mais movimentada é a Route Marangu. A altitude castiga mas a recompensa da paisagem no topo de Uhuru é inesquecível – uma visão nascer do sol sobre o que parece ser metade da África.

23 de FEV
Donsol, Península de Luzon, Filipinas.

Porque agora: Nade com o maior peixe do mundo, quer mais?

Até 1998 Donsol foi uma pouco conhecida e pacata vila. Mulhador local postou um vídeo dos tubarões-baleira que nadavam na área o local foi invadido por caçadores. Felizmente a caça foi proibida, e hoje o local recebe apenas turistas em busca de contato com esses animais.  Hoje, Donsol é um dos pontos mais importantes do mundo para nadar com o maior peixe do mar – é uam emoção única nadar ou praticar snorkel ao lado deles (mergulho é proibido). Durante o período do final de fevereiro a abril, voce verá inúmeros e incontáveis tubarões-baleia.

24 de FEV
Costa Rica.

Porque agora: Para aproveitar ao máximo a estação mais seca para caminhadas, rafting e aventuras selvagens.

A Costa Rica já apareceu por aqui como o TOP 1 local para conhecer viajando sozinho pela sua cultura naturalista, deboísta e segura. Para quem gosta de natureza, é um prato cheio. Há mais de 850 espécies regustradas, mas aves são a grande atração e a melhor época para ve-las é de novembro a abril. O tempo seco dessa época também é ótimo para caminhadas no Parque Nacional Rincón de la Vieja, ou nas reservas florestais nuvem de Santa Elena e Monteverde. Aqueles com maiores ambições pode escalar o pico mais alto da Costa Rica, Cerro Chirripó (3820m), em uma trilha de 16 km. Esportes radicais também são bons nessa época!

25 de FEV
Cradle Mountain-Lake St Clair NP, Tasmânia, Austrália.

Porque agora: A melhor chance de ver demônios da Tazmânia.

Quem lembra do Taz do desenho da Looney Tunes? Eu tinha tudo dele! A fama desse animal, marsupial carnívoro, é a pior possível. O nome, demônio da Tazmânia confirma isso, além dos gritos, ranger de dentes e uma forma pouco polida como comem sua caça (de dentro pra fora), apesar disso, demônios da Tasmânia são em geral criaturas tímidas e solitárias. A vida é uma luta desde o nascimento, 50 filhotes nascem ao mesmo tempo, cada um do tamanho de um grão de arroz. Apenas quatro sobrevivem por ninhada e parece que a evolução favorece demônios que são particularmente ferozes e fortes. Essa é a melhor época para ver esses animais e seus filhotes, e a vantagem é que ainda é verão na Austrália, bom para curtir mais turismos.

26 de FEV
Oahu, Havaí, EUA.

Porque agora: Sua melhor chance de pegar uma onda grande para surf amador.

Hawaii situa-se bem no caminho das maiores ondas que se concentram nas margens norte das ilhas no inverno, de novembro a fevereiro. Na costa norte de Oahu, as ondas cristalinas (ideais pra pegar aquele TUBO) tornaram-se a meca mundial não oficial de surf. Ondas de inverno podem ter até 10m. Se você é experiente, será sua melhor aposta para ondas, pouco depois da temporada de pico do surf profissional.

onde-ir-em-fevereiro-01
Hey Kelly!
27 de FEV
Nova Zelândia.

Porque agora: Pedalar para baixo a partir do topo das montanhas quando elas ainda estão livre de neve.

Na Nova Zelândia ninguém brinca em serviço quando se trata de turismo ou esporte de aventura. Para os ciclistas de montanha (heli-bike), os Kiwis surgem com vistas sempre espetaculares e descidas do topo a base da montanha. Esta atividade de alta adrenalina é possível durante os meses de verão, quando as rotas não são cobertas de neve. Há muitas possibilidades de escolha – heli-bike está disponível em Twizel, a Península Coromandel, Nelson, Rotorua, Taupo e capitais de aventura do país, Wanaka e Queenstown. Você terá acesso a rotas geralmente inacessíveis a qualquer um (exceto aos pássaros).

28 de FEV
Menton, Riviera Francesa, França.

Porque agora: Encontrar um novo entusiasmo pela vida no sul da França na Fête du Citron. (festa cítrica, ou festa do limão)

Limão é levado a sério no sul da França. A cidade de Menton – que fica no Mediterrâneo, a uma curta distância da fronteira italiana – é conhecida por seu aromático e rico limão. Tanto que uma comemoração a eles começou a surgir e hoje conta como 26mil pessoas as ruas, numa espécie de carnaval do limão. Há até carros alegóricos adornados com o fruto fe já se representou de tudo por ali, torres Eiffel a Taj Mahal, a cada ano um tema diferente. Algumas das esculturas são feitos de 140 toneladas de limões e laranjas e há um time esperto que substitui qualquer fruta podre, para manter todas as esculturas com boa aparência. Os visitantes podem passear pelos jardins fantasia de cheiro doce, assistir a desfiles dia e noite, e beber um bom suco.

onde-ir-em-fevereiro-28
Enigma da esfinge: Quantos sucos se faz com uma estátua?
29 de FEV
Parque Nacional de Yellowstone, Wyoming, EUA.

Porque agora: É um momento ótimo para ver os lobinhos

Ano bissexto é mais um dia em fevereiro pra conhecer nosso último lugar da lista. E assim que você chegar em Yellowstone você percebe por que ele é referencia da América do Norte. Ao longo do parque mais antigo do mundo existem aglomerados de alces, bisontes, alces e antílopes, bem como predadores que variam de águias para ursos pardos. Há multidões de turistas no verão, mas no inverno (inverno americano, verão para nós) você vai encontrar uma cena muito diferente; situado nas encostas da Continental Divide, Yellowstone é uma paisagem complexa de gêiseres, fontes termais, florestas e deserto e lobos. O Vale Lamar tornou-se local principal no mundo para observar lobos selvagens. Se pretende incluir os EUA na sua viagem de fevereiro, considere passar por aqui.


E aí, conseguiu escolher um lugar? Gostou da lista de fevereiro ou vai esperar a de março?

Não esquece de dizer se esse formato ficou legal, temos até dezembro de listas desse tipo, então é mehor que fique bom né?

E para ver todas as listas sempre, inscreva-se 😉

Os 30 lugares mais incríveis do mês no seu email
Quem já assina a nossa lista regular também irá receber, não se preocupe.
Somente meus segredos. Somos contra Spam.

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...

4 Replies to “Onde ir em Fevereiro? – Série 30 lugares em 30 dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Disqus Comments ...