Acho interessante pensar como algumas cidades surgiram, toda a história, cultura e conhecimento que elas possuem.

Algumas dessas cidades estão do nosso lado, e a gente nem percebe. (#QueVergonha)

Comigo foi mais ou menos assim, depois de ter conhecido alguns países resolvi olhar pro meu lado e subir a serra carioca.

Uma cidade cheia de detalhes, contrastante com a sua vizinha famosa, o Rio de Janeiro, e um lugar que todo brasileiro deveria conhecer por fazer uma grande parte da nossa história.

Ah, dá pra conhecer com calma a cidade em um fim de semana!

Nesse post voce verá:

  • MAPA
  • COMO CHEGAR A PETRÓPOLIS
  • ROTEIRO DETALHADO PASSO A PASSO
  • DICAS DE ONDE COMER

Divirta-se!

roteiro-petropolis-fim-de-semana
#PartiuPetrópolis?

# Como Chegar

Petrópolis está localizada a 66km do Rio de Janeiro, o que dá uma hora de ônibus e pouco menos de que isso de carro.

A cada 40min sai um onibus da rodoviária do Rio (Terminal Novo Rio) pela empresa Única Fácil, a passagem custa 23,56 reais o trecho e tem viagens das 5:30 até 23:59.

( ! ) Para ficar no fim de semana sugiro sair do Rio as 9:00 (vai chegar umas 10:00-10:30), nem cedo demais nem tarde demais e bom para estar no local do restaurante no momento da fome =). 

Se voce pretende ir e voltar de carro ou onibus no mesmo dia, o indicado é que saia bem cedo e volte antes da noite cair pois há muita neblina na serra.

# Roteiro! O que fazer em Petrópolis?

Como eu disse ali em cima, esse roteiro foi pensado para um final de semana, com bastaaante calma. Voce pode visitar os mesmos lugares em um dia fazendo um bate e volta.

Se pretende passear em um dia sugiro fazer a rota abaixo, se pretende fazer em 2 dias voce terá a opção de começar pelo último item da lista.

( ! ) Se estiver com dúvidas, deixe um recado nos comentários que a gente conversa melhor 😉

OK! Se voce chegou a cidade de onibus (meu caso), há duas opções para chegar ao centro da cidade a partir da rodoviária:

Táxi ou ônibus de linha. O Táxi sai por uns 15-20 reais e o ônibus de linha por 3,20.

A rodoviária é um pouco distante do centro histórico e Petrópolis pode ser uma cidade bem fria no inverno, sugiro não ir a pé.

O passeio começa no mesmo lugar em que começa a história da cidade…

Museu Imperial

roteiro-petropolis-fim-de-semana-museu-imperial
Museu Imperial é uma das 7 maravilhas do Rio

D. Pedro II herdou de seu pai a missão de construir Palácio da Concórdia, que seria a  residência de verão da família imperial idealizada pelo seu pai Pedro I, apaixonado pela região. Para que o projeto começasse, Pedro I criou a cidade de Petrópolis (que significa “Cidade do Pedro”) naquelas terras de seu pai. Hoje o Palácio da Concórdia é o Museu Imperial.

Quem conhece outros dos palácios Imperiais ( como o Museu do Ipiranga em São Paulo ou a Quinta da Boa Vista e o Parque Lage no Rio de Janeiro,) vai reparar na semelhança da construção. Os jardins, o estilo arquitetônico, os detalhes e até mesmo a disposição dos cômodos.

No Museu imperial voce verá peças únicas, como a coroa imperial original. Dou um kitkat pra quem contar quantos diamantes ela possui!

( ! ) Reserve uma hora para a visita (mas se voce for do tipo que nem curte muito museu e só quer dar uma passadinha, 30min são suficientes).

Se voce preferir e quem sabe for um(a) historiador(a), pode agendar visitas. A agenda do primeiro semestre abre na segunda quinzena de dezembro, e a do segundo semestre, na segunda quinzena de junho.

Saindo de lá caminhe pela Rua da Imperatriz, repare nas construções pelo caminho, por exemplo, o Palácio da Princesa Isabel.

Ao chegar na esquina dessa rua da imperatriz, verá a catedral de São Pedro de Alcântara, católica em estilo Frances. Ao entrar nela repare na arquitetura, mas repare também nos Mausoléus logo na entrada. No centro há um sarcófago com o imperador D. Pedro II e da imperatriz D. Teresa Cristina e ainda outras pessoas da família real e amigos encontram-se nessa catedral.

Catedral de São Pedro de Alcântara

Bem, se voce veio cedo de ônibus, foi ao hotel, passeou bem lentamente pelo Museu Imperial, entrou na igreja, andou pra lá e pra cá, provavelmente está na hora do almoço agora. Siga pela Avenida Koeller, ela dará na Praça Rui Barbosa. Ali, bem no cruzamento com a Rua Juscelino Kubistcheck está o restaurante alemão Rink Marowill. Eu comi lá nas duas vezes em que estive em Petrópolis e não me decepcionei em nenhuma delas. Os pratos alemães são a boa do lugar. Uma outra opção bastante recomendada pela rede hoteleira é o restaurante Paladar que possui ares de história e se acomoda em uma casa antiga bem bonita.

Com o estomago feliz está na hora de seguir para as próximas atrações.

Minha sugestão é ir a casa de Santos Dumont outro lugar imperdível na cidade.

Museu Casa de Santos Dumont

Santos Dumont era uma pessoa peculiar. Tinha uma série de manias e hábitos, e um jeito diferente de enxergar as coisas. Tudo na casa dele reflete sua mente criativa e funcional. Por exemplo, gostava de banho quente, e inventou um sistema de chuveiro com água quente no melhor “automático” para a época. Sua mesa de trabalho era também mesa de estudo com um design específico para que o garçom o servisse à francesa (pela direita).  Não posso falar mais para não estragar a visita, mas vá!

( ! ) Há um painel no lado de fora (ao lado da sala de vídeos) contanto sobre todos os experimentos dele no ramo da aviação, fica escondido mas vale a lida, achei até mais interessante que o vídeo que apresentam.

 

nhami!A outra opção por aqui é o Museu de Cera, sinceramente eu não achei que valia a pena pelo preço e pelo que aparenta apesentar, mas pra quem quiser, dá tempo de encaixa na rota! Eu preferi tomar um belo café na Katz com sobremesas divinas acompanhando! Sério, vale a pena parar ali e dar uma curtidinha. (Mais uma das vantagens de se passar o fim de semana, tempo super livre).

 

Palácio de Cristal

Depois de relaxar é hora de conhecer o famoso Palácio de Cristal. A jovem Princesa Izabel fazia festas por lá, o lugar também era onde os namorados se deixavam recados escritos na terra. Que amor! O lugar é lindo mas rapidinho de ver, e assim sobra tempo suficiente para a próxima parada!

roteiro-petropolis-fim-de-semana-palacio-de-cristal (2)
Festinhas da Princesa rolavam aqui

Cervejaria Bohemia

Atenção cervejeiros! Chegou a hora! Voce provavelmente terminará esses passeios ao fim do dia, ótimo momento para ir até a Cervejaria Bohemia e fazer a visitação completa. Já aviso: a visitação é longa. Para mim durou cerca de 1 hora e meia porque há muito o que ver mesmo. Essa cervejaria não perde em nada para outros grandes centros cervejeiros de visitação ao redor do mundo. Voce verá a descoberta da cerveja, provará os grãos presentes nos tipos de cerveja e fará diversas iterações ao longo da visita. Há jogos e painéis seja para divertir ou informar e tudo com muitos detalhes. Ao final da visita há uma degustação do Chopp Bohemia não comercializado bem na área onde se fabricava a cerveja antigamente. Os grandes fermentadores de cobre estão por lá. Depois há mais degustação, na época, provei os lançamentos de cervejas especiais. (nhamii). Ao sair dessa área pode-se observar a fábrica nova, toda de vidro e já automatizada, moderna e em maior escala que a antiga.

( ! ) Durante a visita voce pode ir salvando fotos, seu desempenho em jogos , e outros e enviar ao seu email pela pulseira com código de barras cadastrada na entrada. =p

Bem, nesse momento há duas opções. Se voce veio passar o fim de semana, pode ir ao Hotel, relaxar, sair para Jantar ou ainda fechar o dia de atrações hoje mesmo e ter o domingo mais livre, mas saiba que o Palácio Quitandinha é mais distante e dependendo da hora, já estará fechado.

Palácio Quitandinha

roteiro-petropolis-fim-de-semana-quitandinha
Misses do Brasil passaram por aqui

Se voce veio apenas passar um dia de bate e volta, chegou mais cedo e tal, sugiro que saia daqui e vá ao Palácio da Quitandinha e de lá siga a Rodoviária ou pela estrada se estiver de carro.

O Palácio da Quintandinha era um hotel cassino que sofreu com a proibição do jogo no Brasil e acabou virando um condomínio de luxo. É um lugar para se observar pela grandiosidade, e o luxo. Hoje há um boliche funcionando e pedalinhos no lago mas ATENÇÃO! Aos Domingos não há acesso a parte interna do Palácio, então avalie mesmo se voce acha legal ir até lá.

( ! ) o Palácio da Quitandinha já foi palco de concursos de Miss Brasil.

Bem, aqui se encerra o principal de Petrópolis, mas para quem vai passar a noite há as opções de jantar e o domingo.

Não queira sair para jantar muito tarde, pode ser que não encontre um restaurante aberto, ou descubra que ele está longe. Há várias indicações de pizzarias no caminho até a rodoviária e confesso que tive que me contentar com o que estava aberto na hora, sai do hotel depois das 22 horas e não quis gastar com táxi, ou seja, quase sem opções. Também queria um bom lugar para jantar já que a fome gritava, fui na feliz escolha super recomendada pelo Foursquare (quem nunca?) da Churrascaria Majórica!

Perto do hotel e com um estrogonofe de frango muito delicioso, e olha, deu e sobrou! Comi super bem e fui muito bem atendida mesmo tendo chegado quase na hora do restaurante fechar! Voltaria lá com certeza!

Minha sugestão para o Domingo? Acorde com calma, tome seu café da manhã no Hotel ou na Casa do Alemão, outro local super conhecido de Petrópolis.

Depois voce pode passear na Rua Teresa e fazer comprinhas! Há mais de 1000 lojas de roupas lá com bons preços e opções mil. Vi bastante roupa de bebe e grávidas, roupas de inverno e itens tipo boutique. Muita gente vai a Petrópolis para comprar nessa rua. Vale a observação aqui de que a rua é em ladeira, então evite sapatos desconfortáveis.

Saindo de lá vá a praça da liberdade, que voce já conhece e experimente outro restaurante por ali, há vários! Fui no Peticaria Imperial porque rodízio de petiscos com sobremesa e mil coisas mais contribuíram para deixar meu espírito gordo bem feliz =D Se voce come muito ou tem fome, esse é seu lugar!

Depois daqui pode ir até o Palácio Quitandinha ou até a rodoviária, fica a seu critério!

Petrópolis pode ser conhecida e depois re-visitada. Os detalhes da cidade, a cordialidade e educação das pessoas chama a atenção. É uma cidade que lembra muito as cidades catarinenses de Blumenau e Joinville, mas com um ar exclusivo dela. Relaxante. Não dá pra explicar, voce tem que ir, e não irá se decepcionar!

Aí embaixo voce tem os endereços e o mapa! 😉 E não se esqueça de deixar seu email aqui pra receber esses roteiros todos quando estiverem prontinhos =)

 

#MAPA

#Listinha de Endereços

Museu Imperial:

Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro
Visitação: Ter a Sáb das 11h às 17h; Dom, das 11h às 16:45h
Ingressos: Inteira: R$10,00 / Meia: R$5,00. Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 5,00. Moradores de Petrópolis e petropolitanos, às quartas-feiras e no último domingo do mês: gratuito
Contato: (24) 2237-8540/ 237-8000

Catedral de São Pedro de Alcântara:

Endereço: São Pedro Alcântara, 60 – Centro
Visitação: 8:00h às 18:00h

Rink Marowill:

Endereço: Praça Rui Barbosa, 27- Centro
Aberto: 8:00 as 18:00.

Museu Casa de Santos Dumont:

Endereço: Rua do Encanto, 22 – Centro
Visitação: terça a domingo de 9h às 17h30 (bilheteria até as 17h).  Visita guiada.
Ingressos: R$8,00 (inteira) / R$4,00 (meia entrada). Crianças com até 7 anos e adultos maiores de 65 anos têm entrada franca garantida, bem como pessoas com necessidades especiais e/ou mobilidade reduzida e um acompanhante.
Contato:(24) 2247-5222

Cafeteria Katz:

Endereço: Rua do Imperador, 912 – Centro
Aberto:11:00 as 20:00.

Museu de Cera de Petrópolis:

Endereço: Rua Barão do Amazonas, 35 – Centro
Visitação: terça a domingo, das 10h às 17h. Sábados: 10h às 18h.
Ingresso: R$ 28,00 e R$ 14,00 (estudantes e idosos). Grupos acima de 10 pessoas: inteira R$20,00 / meia R$12,00.

Palácio de Cristal:

Endereço: Rua Alfredo Pachá, s/nº – Centro
Visitação: terça a domingo, de 09h às 18h. Entrada franca.

Cervejaria Bohemia:

Endereço: Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro
Visitação: terça a quinta, das 13h às 16:30h. Sextas: 10h as 16:30 Sábados, Domingos e Feriados: 10h às 18:30h.
Ingresso: R$ 27,00 e R$ 13,50 (estudantes e idosos e moradores de Petrópolis).

Palácio Quitandinha:

Endereço: Av. Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha
Visitação: terça a  sábado, 10 às 17h. Domingos e feriados, 10h às 16h.
Ingresso: Entrada franca. A visitação áudio guiada é cobrada e está disponível em torno de 20 a 25 aparelhos.
Visita guiada R$10.00 : crianças de 7 a 10 anos; estudantes e idosos maiores de 60 anos: R$5,00

Churrascaria Majórica:

Endereço: Rua do Imperador, 754 – Centro
Aberto: 11:45 as 23:00


Você também pode gostar de:

Petrópolis no fim de semana ( 1 ou 2 dias na cidade)

Conheça o novo Cristo Redentor !


Gostou? Comente, deixe sua dica ou pergunta!

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...

9 Replies to “Petrópolis no fim de semana (Detalhado!)

  1. Oieee,
    Vou viajar para o Rio e quero passar o final de semana em Petrópolis.
    Adorei as dicas de passeio, porém algum deles é necessário agendar e comprar o ingresso com antecedência?

    Abs
    Mari

    1. Oi Mariselma! Puxa, que legal! Petrópolis é uma cidade muito aconchegante! Olha, não precisa de reserva e agendamento não, entretanto, a visita a cervejaria Bohemia é super requisitada em alta temporada ou em finais de semana friozinhos (quandoa cidade enche mais). Voce pode faezr uma compra antecipada do ingresso e evitar filas por aqui: http://www.bohemia.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Disqus Comments ...