Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek

A Rota dos vinhos na Cidade do Cabo nunca esteve tão em alta.

A África do Sul é cada vez mais famosa pelos seus vinhos e o país está entre os 10 maiores produtores do mundo!

São cerca de 350 vinícolas no país e aproximadamente 200 delas estão na chamada rota do vinho de Cape Town, em Stellenbosch e Franschhoek, pertinho de Cape Town.

Hoje vou mostrar como foi meu passeio com a Franschhoek Wine Tram em detalhes, além de outras sugestões de roteiros de vinhos.

Vale lembrar que esse post faz parte do meu dia 6 no roteiro completo pela África do Sul (então assine a lista de emails para não perder esse post!).


Como fazer a rota dos vinhos de Cape Town e região?

Rota dos vinhos babylonstoren amei

Eu conheci as vinícolas de Stellenbosch e Franschhoek pela agência Franschhoek Wine Tram (o relato detalhado tá mais a frente nesse texto)

Fica a 50 km de Cape Town pela rodovia N2. Essa é a região de forte cultura vinicultora e as vinícolas mais bonitas e renomadas da região estão aí.

Se você precisa de uma opção mais próxima da Cidade do Cabo pode fazer a rota de vinho do onibus de turismo oficial da CitySightSeeing.

O passeio faz 3 paradas e o tempo em cada uma é você quem decide. Estão incluidas: a Groot Constantia, a Eagles’ Nest e a Beau Constantia.

Agora, se você ainda tem dúvidas se vale a pena ou não fazer essa rota, dá uma olhada no próximo tópico:


Vale a pena incluir o tour dos vinhos no seu roteiro da Cidade do Cabo?

As cidades de Stellenbosch e Franschhoek são muito agrádaveis e bonitas e estão a apenas 40 min do centro de Cape Town. Por isso, incluir um dia no seu roteiro dedicado as vinícolas é interessante mesmo para quem não gosta da bebida.

 

Eu me hospedei por lá em um airbnb e depois em no Hotel Vinícola Zorgvliet e foram uma das partes mais gostosas da viagem.

confira o roteiro Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek
Dando uma de camponesa no hotel zorgvliet hahaha

Stellenbosch é a segunda cidade mais antiga do país, com uma população majoritariamente universitária e colonizada por Holandeses. Já Franschhoek (com 2 h’s mesmo) foi colonizada por franceses e o próprio nome significa “cantinho francês”.

Bem, se ajuda na decisão, eu também já estive em outros países famosos pelo vinho como Chile e Argentina e nunca vi nada parecido com essa parte da África do Sul.

São muitas vinícolas e todas parecem sair de um filme, de tão lindas.

O Vinho Sul Africano é bom?

Não sou nenhuma enóloga, mas eu gostei de muitos vinhos que provei, e amei o Pinotage!

O Vinho Pinotage é uma classe de vinhos originária desse país e deliciosa, bem frutado e harmônico com doces. A primeira vez que provei (e amei) foi nos Estados Unidos pois a Califórnia hoje em dia também o produz, mas provar os vinhos pinotage sulafricanos fez muito mais sentido.

Muito enólogo não gosta dessa uva mas dizem por aí que houve uma época em que as misturas entre as duas cepas eram feitos sem critério algum, o que produzia vinhos do tipo Pinotage de má qualidade. Isso passou, e a minha dica é ir em vinícolas de boa qualidade pra provar o autêntico e bom Pinotage.

Curiosidade: O Pinotage é a união de uvas francesas do tipo Pinot Noir com a Hermitage e a popularização sócomeçou após o fim do Apartheid, há 40 anos.


Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek com a Franschhoek Wine Tram

A gente fechou um grupo grande e fez o passeio com a Franschhoek Wine Tram. Eles oferecem 6 rotas diferentes mas todas elas saem do mesmo ponto, na cidade de Franschhoek.

Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek wine tram

Estávamos hospedados próximos do ponto de saída (já te mostrei os locais no post de hospedagem) e isso foi fundamental pro sucesso da operação e segurança.

Afinal de contas, ao final desse passeio você terá bebido quase 3 garrafas de vinhos em degustações! Ou seja, nem pense em dirigir.

O primeiro passo é pegar seu ticket (e não perder)! Aguarde o onibus chegar e escolha um lugar na janela pra garantir as fotos. Esse onibus vai levar você até a linha de trem e de lá você vai até as vinícolas.

Boschendal

Todos no trem é hora de seguir para a primeira vinícola, na nossa rota era a linda Boschendal!

Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek boschendal 4
A degustação é feita á sombra dessa árvore gigantesca e linda!

A experiência durou uma hora, incluia 5 vinhos e uma explicação sobre eles. Ao fim da visita pode-se comprar vinhos a um preço modesto!

Anote: O Pinotage da Boschendal foi o melhor da visita e custou apenas 110 Rands.

Saindo de lá era hora da Vrede en Lust e seus vinhos mais encorpados.

Vrede en Lust

A Vrede en Lust tem um ar mais refinado e isso se reflete nos vinhos mais encorpados e tintos.

Rota dos vinhos em Cape Town vrede en lust

Aqui a visita incluia uns salgados e foi essencial pra segurar todo mundo são até a próxima parada.

Anote: Adorei o tinto de café, um sabor sem igual!

Pudemos também relaxar um pouco nos sofás ao ar livre com a vista mais linda do passeio

Babylonstoren (almoço com degustação)

A gente também almoçou na Babylonstoren, também conhecida como Babel.

Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek babel

Eu não sei dizer o que é mais gostoso, o almoço ou os vinhos da casa.

Começando pelo almoço, tudo tem o tema de cores! Saladas são amarelas, verdes e vermelhas e os molhos que as acompanham também. Tudo é plantado na própria fazenda da Babel e o gosto de saudável é surreal.

Eu pedi massa com o molho de Cape Malay Curry, um tempero típico da Cidade do Cabo muito único e gostoso.

A visita incluia uma mesa de sobremesas, todas igualmente gostosas e coloridas.Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek babylonstoren

Anote: Dentre os vinhos, meu preferido aqui foi o rosé, que chega ser um dos meus favoritos da vida!

Plaisir de Merle

A próxima parada foi na Plaisir de Merle, que possuium ar renascentista e clássico.

Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek plaisir de merle

Achei que a visita fechou em grande estilo com a combinação de vinhos e doces. Todos bem mais encorpados que os demais.

Essa foi a vinícola que passamos menos tempo e aproveitamos menos a vista e vinhedos. Vale lembrar que o tempo é calculado e quanto mais o grupo se atrasa ao sair, menos aproveita o próximo lugar.

Dica extra: Estava fazendo muito calor no dia mas durante o passeio de trem o vento era muito forte, não há janelas! Leve um lenço ou casaco.

Reserve seu passeio com a Franschhoek Wine Tram

Durante toda a conversa que envolvia esse passeio foi tanto email trocado que lá pelas tantas fui convidada pela WineTram para ser uma ponte entre os brasileiros e a própria WineTram! Fiquei super feliz com isso!

Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek winetram

Claro que nem ia anunciar isso se não tivesse gostado do serviço, mas achei profissionalismo e a facilidade excelentes e a gente se divertiu muito!

Se você quer agendar diretamente com a WineTram e ter um tratamento especial o melhor caminho é dizer que viu esse post (diga que viu com a Maíra do Aos Viajantes) e enviar email a Karen McCallum (bookings@winetram.co.za).

Se você se interessou pelo passeio e deseja saber mais informações ou mesmo uma ajudinha com o inglês, é só mandar um email para aosviajantes@gmail.com com o assunto “Passeio Vinícola” pra gente conversar ok?

Detalhes e preços do passeio:

Site oficial Wine Tram

A visita de onibus hop-on hop-off custa 220 Rands para adultos e 90 Rands crianças.

A visita premium inclui explicações dos enólogos mais aprofundadas, visita aos tonéis de vinho e é feita em grupos de no máximo 12 pessoas ao custo de 1050 por pessoa.

A visita em grupos tem preço e rota flexível mas exige um minimo de 20 pessoas.

O Passeio dura geralmente 4 a 5 horas.


Outras vinícolas da região

Eu estava hospedada em uma das vinícolas da região a Zorgvliet Wine State e essa hospedagem incluia uma desgustação de vinho, gostei muito dos vinhos tintos daqui.

E digo e repito, recomendo que você faça o mesmo e fique em algum dos hotéis da região, dá pra voltar de uber após a visita sem pagar muito e a vista ao acordar é surreal.

Outro famoso hotel vinícola que pude conhecer foi o Delaire Graff, que lugar lindo! Muitos casais casam aqui e passam lua de mel, sendo esse um dos hotéis mais bem cotados do continente Africano!


Gostaram? Eu amei!

Como falei no início do texto, são mais de 200 vinícolas só nas cidades de Stellenbosch e de Franschhoek e o mais simples é escolher a rota que se encaixe no seu roteiro, pois todas devem ser muito lindas e interessantes!

Eu quando voltar, conhecerei outras, mas se você quiser aproveitar minhas dicas e rota, garanto que não irá se arrepender!

Comente, me fale o que achou!
Advertisements

One Reply to “Rota dos vinhos em Cape Town Stellenbosch e Franschhoek”

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.