Algumas pessoas são picadas pelo bichinho do sonho americano.

Seja por insatisfação com o Brasil e seus problemas, seja para realizar um sonho ou ainda para viver uma outra cultura, muita gente quer saber como morar no EUA.

E embora os presidentes mudem (Obama, Trump) a verdade é que o modelo americano de vida continua atraente.

Vou explicar aqui todas as formas de visto, greencard e cidadania e as diferenças entre eles.

Entenda de vez como trabalhar e morar legalmente na terra do Mickey!


A diferença de GreenCard e Cidadania Americana

como morar nos eua legalmente
Immigration

O GreendCard é um visto de residente permanente, renovado a cada 10 anos (sim, renova-se).

Esse tipo de visto dá direito a quase tudo que um americano faz exceto o voto.  Você também não pode concorrer a cargos públicos, por exemplo.

Para pedir a cidadania americana e obter os demais bonus  (e onus) de se tornar um cidadão americano você precisa de no mínimo 5 anos com o GreenCard, ou 3 anos com o GreenCard obtido por casamento com cidadão americano.

Você também pode optar por nunca requerer sua cidadania e renovar o greencard para todo o sempre.

Ou seja: para trabalhar, conseguir uma fonte de renda (portanto) e morar nos EUA legalmente pelo tempo que desejar é necessário obter o Green Card.

Já para obter todos os direitos e deveres dos americanos, você precisa da cidadania americana.

Segundo dados da Receita Federal, entre 2011 e 2015 as solicitações da Declaração de Saída Definitiva do país aumentaram 67%.  Em 2015, o número de pedidos foi de 13.288 pedidos de migração definitiva.

 

Dito isso, vamos as suas opções:


Como morar nos EUA legalmente e permanentemente

Como morar nos EUA legalmente - lei de imigraçao

1. Por parentesesco:

Parentes diretos de cidadãos americanos ou de residentes legais podem obter o green card após alguns anos. Os parentes devem ser diretos, como pais e filhos, irmão (ã), marido, esposa, por exemplo.

O pedido deve ser feito pelo parente, nos Estados Unidos. Demora de 2 a 8 anos com parentes de cidadãos americanos , o modo mais rápido. Quando o parentesco é feito via imigrantes legais (mas não cidadão americano), demora mais.

2. Por loteria (diversity visa):

Moradores de alguns países podem conseguir por loteria em uma lista de sorteios (é sério). Exclui-se o Brasil dessa lista, ao menos por enquanto. Mas fica aqui o alerta, futuramente, quem sabe?

3. Por trabalhar no país:

Se voce for contratado para trabalhar em uma empresa americana, ou for transferido de uma empresa para os EUA terá o visto do tipo L-1.

Seu pedido será avaliado, e caso seja constatado que seu trabalho e profissão são escassos no país ou únicos e fundamentais devido a sua atividade, então poderá ser concedido o green card.

Quanto mais especializado você for, maiores as chances. Esse é o caso do cara que trabalha na Google por ser um gênio no que faz. Ensino superior nesse caso é praticamente obrigatório. Mantenha seu LinkedIn atualizado e em inglês.

4. Por casamento:

Tem até programa de TV contando sobre as milhares de pessoas que buscam seu green card com casamentos armados. MAS OK, não to falando disso aqui, estou considerando o fato de você se apaixonar e casar com um americano (a) e nesse caso voce poderá receber o green card também.

O Processo leva de 1 a 2 anos e durante esse período o seu casamento estará sujeito a visitas/avaliações de veracidade perante o governo americano.

5. Por Investimento:

É uma possibilidade arriscada pois não é garantia de sucesso, chama-se visto de investidor, categoria EB5.

Como morar nos EUA legalmente -Eb5 Visa

Funciona da seguinte forma: possua um mínimo 500 mil de dólares.

Para investir na abertura de negócios em regiões com maior índice de desemprego você deve desembolsar apenas 500 mil dólares.

Mas caso seu investimento seja em regiões metropolitanas,  tem que ser de no mínimo: 1 milhão de dólares, além de assegurar a criação de ao menos 10 empregos para americanos ou residentes legais.

Se der certo, em cerca de 2 a 3 anos você consegue seu green card e pode, em alguns casos, reaver essa quantia entre 5 e 7 anos depois.

6. Por Investimento e cidadania diferente da Brasileira:

É como se fosse a opção anterior, mas se você tem outra cidadania além da Brasileira (italiana, espanhola, alemã), pode tentar o investimento por algum desses países.

Isso pode ser vantajoso se o país em questão tiver tratado comercial com os EUA.

A vantagem também é que esse tipo de visto, categoria E-2, exige um investimento bem menor que o do tipo EB5 ( o anterior).

Sobre a reforma migratória ( ? ).

Quando o presidente Obama estava a frente do congresso havia um projeto de lei para proteção dos imigrantes ilegais que chegaram antes de 2011. São mais de 11 milhões de pessoas vivendo ilegalmente no país.

A partir do mandato de Donald Trump as propostas são outras e bem diferentes do seu anterior. A ideia é diminuir (deportar) os imigrantes ilegais no país.

Mais importante do que nunca agora é buscar a cidadania de forma legalizada.


Como morar nos EUA provisoriamente

As dicas acima são as chances de se conseguir morar nos EUA por vistos específicos e provisórios que podem ser convetidos em vistos permanentes, ou GreenCard.

Se você não se encaixou em nenhuma dessas formas, pode conseguir um visto provisório e trabalhar também.

São diversas formas que talvez lhe abram as portas que você precisa.

Não desanime, e continue lendo:

Como morar nos EUA legalmente - cidade

OK. Talvez você tenha se dado conta de que conseguir um visto permanente seja mais difícil do que imaginava, mas nem tudo está perdido, certo?

Há algumas formas de morar na terra do tio Sam e da Disney sem estar ilegal, dá uma olhada:

1. Trabalho provisório

Se voce quer ir provisóriamente e com pouco investimento inicial pode tentar um Workaway (trabalho em redes de hoteis e hosts ou fazendas), um HouseSitting (cuidar de casas de pessoas em troca de morar nelas durante esse período) ou um Au Pair (cuidar de crianças e estudar inglês).

Há ainda os trabalhos em em Cruzeiros! As funções serão quase sempre na área de serviços e atendimento.

Você pode não se desenvolver na sua profissão – acadêmica – por assim dizer, mas certamente vai aprender muito sobre a cultura, as pessoas e sobre si mesmo.

2. Intercâmbio para aprender uma lingua nova

Se pensa em investir no estudo, também dá! Faça um intercâmbio, no mesmo esquema que te mostrei aqui, num intercâmbio pelo Canadá.

3. Intercâmbio para fazer um curso de especialização

Talvez você não queira estudar o inglês mas sim um curso, um MBA ou algo relacionado a sua profissão. Dá pra ser um curso de música, de teatro, de negócos, de marketing e de basicamente qualquer coisa.

Essa opção pode ser a mais interessante para quem passou a idade de Au Pair ou para quem não deseja trabalhar em uma área diferente da sua de formação.

Nesse caso, você vai estudar e se especializar em uma área em que os EUA detenham o conhecimento e ainda poder desfrutar de uns meses curtindo a cultura por lá. Se você pode arcar com os custos, eu recomendo.

4. Programa de estudos e trabalho na Disney

Essa é uma opção legal para quem não é tão jovem mais (mas pode ser) e está estudando.

Aqui há duas oportunidades: tantos os estudantes de ensino médio (e com idade acima de 18 anos) quanto os estudantes de uma pós-graudação ou MBA aqui do Brasil.

Nessa forma de trabalho, após uma inscrição há uma seleção para trabalhar em um dos parques da Disney. A moradia será também num alojamento destinado aos que trabalham como você.

Para quem está fazendo um curso de extensão talvez seja ótima a oportunidade para aprender sobre a economia e o marketing da Disney. Para os mais jovens, é uma oportunidade de ‘estágio’, remuneração e experiência internacional.

Algo ótimo para o futuro não importando qual profissão voce deseje seguir.

– Se deseja saber mais sobre o trabalho na Disney, deixe nos comentários para eu saber e escrever um post todo sobre o assunto. 😉


Gostaram? Ponha seus sonho no papel, planeje, e vá atrás!

Comentários e perguntas são bem vindas, assim posso pensar num conteúdo para o próximo post relacionado a esse tema!


Comente, me fale o que achou!
Advertisements

4 Replies to “Como morar nos EUA legalmente (com o Green Card)

  1. Legal o post, eu não fazia ideia que o Green Card tinha que ser renovado, na minha inocência achava que uma vez possuindo o Green Card, era meio que ”pra sempre” nao precisava renovar.. haha

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.