Atualizado em:

Quem nunca pensou em viajar por aí sem rumo, sem lenço e sem documento e de preferencia sem custos?

Para viajar precisamos de dinheiro e de tempo. Isso todo mundo sabe não é?

Então dizemos – de graça – mas alguma coisa voce vai investir, nem que seja tempo.

Eu não vou propor aqui absurdos ou te dizer pra pedir carona, não é disso que se trata o assunto de hoje.

PS: Sabemos que viajar nesse ano de 2020 é improvável devido ao Coronavírus. Vários destinos nacionais e internacionais estão com as fronteiras fechadas, em quarentena ou lockdown e permanecerão assim por tempo indeterminado. Entretanto, você ainda pode utilizar esse post para planos futuros. Os sonhos não podem ficar pra trás. Desejo que você esteja bem, se precisar de mim pode enviar um email para: contato@aosviajantes.com.br. Ass: Maíra.

Hoje falarei de 5 maneiras reais de conseguir uma moradia e por vezes até alimentação em qualquer lugar do mundo.

Existem sim algumas formas de se viajar por aí de graça – ou quase de graça. Vem ver!


Top 6 maneiras de viajar de graça

Quando eu estava na faculdade coloquei na cabeça que ia conhecer a Alemanha e tinha que achar um jeito de conseguir isso.

Minhas condições financeiras eram suficientes para pagar meu dia a dia mas demoraria séculos para uma passagem e todo custo de uma viagem a Europa, eu estava ali ciente de que não seria fácil.

Vale lembrar que naquela época não havia essa grande divulgação de mídia online e costumávamos encontrar mais informações fora da internet do que nela. Era onde havia mais confiança. A internet banda larga era lenta e o skype estava apenas começando…

Então, após uma pesquisa no falecido orkut, descobri um modo de viajar para lá e fui até uma agência confiável para conhecer melhor esse caminho e descobrir se era pegadinha ou não.

Bem, não era pegadinha, e essa é nossa opção número 1:


#1 Au Pair

viajar-de-graça-au-pair 6 maneiras de Viajar de Graça ! ( Casa e Comida )

A tal descoberta mágica era fazer Au Pair na Alemanha.

O que é Au Pair? Uma combinação de babá e estudante da língua do país em questão.

Uma grande chance, com duração de  6 meses ou 1 ano, de ser babá de um bebe alemão fofo e estudar a língua e cultura.

É obrigatório estudar e os pais da criança gostam disso pois auxilia as crianças em idade de alfabetização. Um ajuda o outro. Por isso o nome Au Pair, traduzido por:  “aos pares”, ensino e estudo aos pares de babá e criança.

Fiz o perfil no site de Au Pair e também me cadastrei naquela agência que fui. Era necessário comprovar experiência no cuidado com crianças, e me voluntariei em uma creche, alguns meses antes. Também eram aceitos depoimentos de pessoas às quais você já auxiliou. Pode ser a sua tia quando você cuidou da priminha, pode ser sua amiga se você ajudou ela a cuidar do filho.

Após um tempo de pesquisa, consegui encontrar uma família e passei a conversar com eles em alemão por skype várias vezes tirando todas as minhas duvidas, conhecendo mãe pai e casa. Eu precisava apenas tirar o passaporte e resolver em que mês partiria. Nesse meu caso, a família pagaria a passagem de ida e volta.

O fim de tudo isso? Bem, ainda não conheço a Alemanha e não fui Au Pair. Percebi que naquele momento era mais importante para mim terminar a faculdade ao invés de trancá-la por um ano, mas nunca deixei de perceber que era possível.

Durante o processo todo pude conhecer pessoas que foram e contaram suas experiências e a verdade é que aquilo era real e – quase de graça – o meu custo seria passagens extras para o Brasil e o visto alemão, e só.

Há mais países que oferecem esse tipo de intercâmbio como Irlanda, França e Alemanha, cada um com regulamentação bastante solidificada.

A babá recebe um salário semanal cujo valor varia dependendo do país e a família é obrigada a contribuir com parte do custo do curso da língua.

Além do salário e auxílio estudo, há um mês de férias remuneradas e trabalha-se cerca de 6 horas por dia, o que contribui para turistar no seu tempo livre.

O importante aqui é achar uma família boa, essa era a dica que todas as AuPairs que conheci me davam. Voce vai morar na casa onde trabalhará, é importante que respeitem seu tempo de estudo e lazer. Para isso, a melhor coisa é conhecer bem família antes de ir, e se for uma condição ruim de trabalho, as leis do país e o site que voce se inscreveu podem te ajudar a encontrar outra família ou resolver seu problema.

Viajar de graça em que condições?

Gostar e ter experiências com crianças, ter um conhecimento básico da língua do país em questão é vontade de estudar mais. Há limite de idade que varia dependendo do país. Por exemplo, na Alemanha o limite para trabalhar como babá é 24 anos e na Irlanda é 30 anos.

O que recebe? Salário, ajuda de custo no curso de línguas, casa e comida, em alguns casos também recebe a passagem de ida ou ida e volta.

Custo: Mínimo. Seguro de vida também pode ser exigido.

O que pode dar errado?  A família não ser legal ou não respeitar seus horários de descanso. Nesse caso, pode-se trocar de casa.


#2 Cuidar da casa e/ou de animais de estimação (Housesitting)

Funciona da seguinte forma: voce cuida da casa de alguém que precisa se ausentar e em troca voce não paga nada por estar nessa casa. Parece incrívelmente fácil né? E é. Troca de favores pura e simples.

Basicamente, a parte de graça aqui é a hospedagem. Em alguns casos, ou na maioria deles, os donos da casa precisam de alguém para cuidar dos seus animais de estimação, piscina, plantas e outras atividades desse tipo. Pessoas confiáveis e que demonstrem amor pela casa e seus bichinhos serão aceitas.

Normalmente voce não é pago por isso. E normalmente voce habita mansões. (Se não acredita em mim, por favor utilize o Google para conhecer pessoas que fizeram isso, você vai entender!)

Para encontrar sua casa e seu animalzinho de estimação voce deve se inscrever em algum site confiável, como o Trusted Housesitters ou o Mind My House. Quem quer se hospedar normalmente paga uma taxa ($20) que valem o investimento. Alguns blogs por aí contam essa experiência e alertam que voce deve ter uma mente aberta, escrever com sinceridade seu perfil e demonstrar todas as suas habilidades bem detalhadas no cuidado com os animais e no lar. Seria ótimo contar que mora ou morou sozinho, por exemplo.

Viajar de graça em que condições?

Não há pré-requisitos mas ao preencher o perfil será perguntado sua relação com animais e cuidados de um lar. Ajuda se voce tiver experiência com isso mas ajuda mais ainda se for voce for sincero ao demonstrar essa experiência no seu perfil.

O que voce recebe? Hospedagem e amigos de 4 patas. Pode haver uma gorjeta ou salários mas não é a prática usual.

Custo: Mínimo. Custo para inscrição no site.

O que pode dar errado: Não ter familiaridade com o animal pode complicar. Também é necessário entender que voce habitará a casa de alguém que pode ou não estar de acordo com o que voce gosta. Importante fazer muitas pergunta aos donos da casa para conhecer o máximo possível o local e o estilo da pessoa.

#3 Trabalhar em uma fazenda orgânica do WWOOF

como-viajar-de-graça-wwoof-21 6 maneiras de Viajar de Graça ! ( Casa e Comida )
#PartiuFazenda?

Esse modo de viajar de graça tem se popularizado entre os nômades ao redor do mundo.

WWOOF , siga em inglês para oportunidades em fazendas de plantações orgânicas, oferece comida e acomodações em troca do seu trabalho, por 4hrs a 6hrs diárias.

Outra vantagem é que o WWOOF está presente em todos os continentes e quase todos os países.

Lembre-se que apesar dessas ‘facilidades’ divulgadas pelos viajantes nômades, é necessário ter aptidão e vontade de trabalhar em fazendas com um trabalho braçal e pouco convencional. Tirar leite de vaca, preparar o solo, plantar.

Os voluntários devem se inscrever no site do país que desejam morar e pesquisar atividades e fazendas lá. Importante ler as avaliações de quem esteve no lugar e até mesmo contatar essas pessoas para conversar. A internet é uma grande aliada!

Será difícil permanecer no emprego se a filosofia e o propósito não estiverem bem aceitos por voce. Se você se interessou, sugiro a leitura da história do programa no site.

Cada país tem seu site do trabalho e eu sugiro que voce dê uma olhada no site americano, para começar, achei super organizado e fácil de navegar.

Viajar de graça em que condições?

Estar disposto ao trabalho braçal e pouco convencional. Romper a barreira ‘cultural’ e urbana.

O que voce recebe? Hospedagem e alimentação durante todo o período de trabalho além de ensinamentos sobre a cultura orgânica.

Custo: Mínimo. A inscrição no site é cobrada e a taxa varia de país para país. Para o Brasil e Estados Unidos sai por 40 Dólares, já para a Holanda por exemplo a inscrição sai por 20 Euros. A passagem até o local é por sua conta.

O que pode dar errado: Não ter familiaridade com o tipo e filosofia do trabalho. Pesquise pessoas que estiveram nas fazendas do(s) paíse(s) que voce pretende morar antes de ir.

#4 Trabalhar em locais do HelpX e do Workaway

como-viajar-de-graça-helpx 6 maneiras de Viajar de Graça ! ( Casa e Comida )
Sites como o HelpX e o Workaway facilitam sua busca de emprego pelo mundo

A ideia aqui é a mesma do WWOOF mas há mais opções de locais e cargas horárias. Voce pode trabalhar em hotéis, vilas, ranchos, hostels e também fazendas. O HelpX e o Workaway seguem a mesma ideia, mas o segundo possui um site mais amigável e de fácil navegação.

É oferecido hospedagem e alimentação dependendo da sua jornada de trabalho. Alguns pedem 2 horas de trabalho diário em troca de acomodação mas lhe pedem que faça sua própria comida. Outros oferecem comida e hospedagem por 6 horas diárias e outros pedem 8 horas diárias com adicionais como internet liberada, aulas de ingles, bicicletas e dias de descanso nos finais de semana.

Os voluntários, como são chamados, devem se inscrever no site e pesquisar o que desejam.


Planeje sua viagem com Aos Viajantes

🍿 Filmes e Produtos no Amazon Prime com 30 dias grátis. Vídeos, séries, revistas e ebooks grátis além de frete grátis e mais rápido em vários produtos. Seja Prime no Amazon com 30 dias grátis (depois R$ 9,90 ao mês).

🛎️ Reserve seu hotel através da Booking.com, Vantagem de confiança há mais de 20 anos e pagamento antecipado em reais. Escolha sempre hospedagens com cancelamento gratuito.

⛑️ Seguro Viagem com a Seguros Promo. Use o Cupom AOSVIAJANTES5 (inserido no link) e ganhe ainda 5% de desconto no crédito e 10% no boleto. A Seguros Promo é um portal com diversas seguradoras e com garantia dos melhores preços.

🧳Passeios no Chile em portugues e pagamento em reais com a FullTour. A empresa é super parceira do blog, com alta aprovação no Tripadvisor e oferece 10% de desconto para o leitor.

✈️ Passagens aéreas em plataforma com busca de descontos pela Passagens Promo. A plataforma oferece até 35% de desconto em passagens aéreas nacionais e internacionais.


 

Os sites oferecem opções de inscrição com ou sem taxa.  Para os que aceitam pagar a taxa (membros premium) há a vantagem de poder saber mais sobre o local de trabalho e conversar diretamente com os empregadores. Ou seja, vale a pena a inscrição premium para você não sair às cegas 😉

Viajar de graça em que condições?

Valem as mesmas dicas do WWOOF. Estar disposto ao trabalho braçal e pouco convencional. Romper a barreira ‘cultural’. A diferença aqui é a possibilidade de trabalhar em outros estabelecimentos que não apenas fazendas.

O que voce recebe? Hospedagem e alimentação e outras vantagens durante todo o período de trabalho e que variam de acordo com a jornada de trabalho.

Custo: Variável. A passagem até o local é por sua conta. A inscrição no site custa 20 Euros pelo HelpX e 29 Dólares no Workaway. Dependendo da sua jornada de trabalho pode ser necessário pagar a alimentação.

O que pode dar errado: Não ter familiaridade com o tipo e filosofia do trabalho. Pesquise antes!

#5 Couchsurfing

como-viajar-de-graça-Couchsurfing 6 maneiras de Viajar de Graça ! ( Casa e Comida )
Site de CouchSurfing com mais de 1milhão de membros!

Voce já ouviu falar em Couchsurfing? Não? Pois deixe-me te explicar:

O Couchsurfing, ou é baseado na hospitalidade de pessoas ao redor do mundo em te oferecer o sofá delas pra dormir de graça. Bem, sofá, cama, quarto, ou apenas uma saída pra te apresentar a cidade, sem cobrar na por isso.

A ideia do couchsurfing é muito mais que oferecer uma hospedagem, é a de troca de experiências e cultura. E aí voce pergunta: Mas eu vou dormir na casa de um estranho??? E eu vou abrir minha casa pra alguém assim que pode me roubar? 

Sim e não. Os que aderem a ideia devem se cadastrar no site e informar os seus gostos e conhecimentos. Nas cidades maiores são organizados encontros desses grupos, e além disso há questões de segurança recomendadas como pedir o telefone da pessoa, encontra-la em local público e denunciar quem pede ou oferece dinheiro no site.

A verdade é que essa ideia já conta com mais de 1 milhão de adeptos esse ano (2015), UAU. Um número assim não pode ser desprezado, significa que de alguma forma, funciona.

A principal ideia do couchsurfing não é apenas a moradia mas sim o contato com as pessoas, por isso a importância da rede e dos encontros de grupos, a maioria das pessoas estão lá procurando o mesmo que voce, viagem e aventura.

Eu li alguns depoimentos a respeito e estou quase indo lá fazer meu perfil, não pretendo oferecer o meu sofá pra ninguém por hora (até porque eu não tenho um) mas quem sabe apresentar a caipirinha pra novos amigos e beber tequila com legítimos mexicanos quando eu estiver por lá.

Ah sim; para poder se hospedar na casa de alguém, não é necessário que voce ofereça a sua. No seu perfil você pode marcar as opções as quais está disposto.

Viajar de graça em que condições?

De graça mesmo. Apenas aceite que voce não estará em um hostel e que pode não ter total domínio do seu tempo turístico. Seria rude negar todos os passeios com o dono da casa pois a ideia é troca de cultura. Se estiver turistada, considere um dia a mais do que ficaria no local por conta dessas outras atividades bastante possíveis.

O que voce recebe? Nada. o serviço não é pago nem por quem oferece a casa nem por quem se hospeda.

Custo: Mínimo. A passagem até o local é por sua conta assim como a alimentação.

O que pode dar errado: A maioria das pessoas tem o mesmo objetivo que voce, mas há casos de pessoas estranhas, ou que buscavam “namoradas” ou ainda que queriam cobrar a hospedagem. Quem pratica o couchsurfing lista uma série de dicas de segurança. A dica aqui é a mesma das anteriores, pesquise, conheça, leia o que pessoas falaram a respeito, e, dito isso: Experimente!

#6 Dormir no transporte

como-viajar-de-graça-van-hotel-nyc 6 maneiras de Viajar de Graça ! ( Casa e Comida )
Taxi Van do tio. Melhor que muito quarto-sala

Dormir no transporte enquanto ele se movimenta ou não. Quê?!

Os trens noturnos da Europa são conhecidos e utilizados por diversos viajantes para economizar em hotel, passagem aérea e economizar tempo, um serviço 2 em 1 para se deslocar enquanto dorme. Esses provavelmente você já ouviu falar.

Mas o que nem todo mundo sabe é da modalidade que fica paradinha, mas é um veículo de transporte com cama e conforto.

Em Nova York, táxis e vans começaram a oferecer acomodações até mesmo com cama de casal, decoração temática e Wi-Fi para os hóspedes. A experiência pode não trazer a sensação mais segura para o viajante pois o carro fica mesmo parado na rua, mas por outro lado o custo é bem baixo e os que utilizaram o serviço gostaram! O serviço é encontrado no AirBnB.

Viajar de graça em que condições?

Nesse caso não se oferece serviço algum, o custo não é nulo mas é inferior a outras formas mais convencionais.

Custo: Variável. O ideal é Somar o valor de passagem aérea + hotel e comparar com o preço do trem noturno. Ou, no caso do taxi-van=quarto, pode-se comparar com o custo de outros hotéis e hostels.

O que pode dar errado: Uma noite mal dormida ou desconfortável. Seja pelo espaço, seja pela localização da van, seja pelo barulho. Avalie bem qual o peso dessas decisões para voce, mas por outro lado, passar apnas uma noite em um desses locais não deve te deixar assim tão mal dependendo da economia no bolso.


E aí? Qual dessas formas voce escolheu?

Oferecer um serviço em troca de viajar, buscar experiências em troca de um sofá são algumas das maneiras de se viajar de graça bastante possíveis.

O que voce precisa é nada mais que uma mente aberta, e de repente umas férias longas se optar pelo Au Pair.

Se quiser saber mais sobre cada um dos tipos de viagem, deixe um recado!

E se quiser saber outras formas de viajar pelo mundo de forma diferente, veja a galeria dos Brasileiros Pelo Mundo 🙂 

<< E eu se fosse assinava o recebimentos dos posts, para não perder novidades como essa>>

7 Replies to “6 maneiras de Viajar de Graça ! ( Casa e Comida )

Deixe seu comentário! Pergunte!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer viajar mais e melhor?
Com Planejamento sempre dá.
Apenas os meus segredos. Odiamos spam.