<< Esse post faz parte de uma de posts e vídeos sobre Foz. Vou te mostrar o que fazer no básico e ALÉM DAS CATARATAS >>

 

No primeiro post eu contei detalhes sobre sua viagem em geral mas aqui quero detalhar cada passeio.

Sugiro que veja as dicas do que fazer em Foz e primeiros passos

Eu posso te garantir que será difícil encontrar um relato tão completo (enorme, me superei) sobre os passeios de Foz aí na grande rede internética. Sei disso porque eu própria pesquisei muito e cheguei lá tendo que me virar em muitos casos por falta de informação.

Provavelmente voce sentirá um pouco do clima da viagem ao final da leitura, e numa oportunidade próxima, pode considerar ir pra lá também! (se for, me chame!).

Sugiro salvar aí no seu celular/tablet para voce ir consultando ao longo da viagem.

Nesse post voce vai ver:

  • Detalhes dos passeios em Foz do Iguaçu, Puerto Iguassu e Paraguai
  • Dicas importantes de horários de funcionamento e preço
  • O que esperar dos locais e como voce deve se preparar 

Roteiro Foz do Iguaçu – dia a dia

Como já citei no post inicial de Foz do Iguaçu, eu recomendo que voce permaneça mais do que 3 dias em Foz para poder fazer algo além do básico. Assim sua viagem fica mais interessante, mas se estiver lá pro feriado não se preocupe, Foz vale a pena mais de uma vez.

O que voce fará em cada dia vai depender da hora que chegar a cidade.

Vou apresentar aqui o meu tempo, mas não se esqueça que no primeiro post há outra opção de distribuição de dias.

Dia 1 – Visita a Hidroelétrica de Itaipu e Jantar

Roteiro-foz-do-iguacu-itaipu-2
Alguém trabalha para que voce tome banho no chuveiro elétrico

Eu cheguei a Foz por volta das 14hrs e fui direto para o Hotel Pietro, super atendenu as minhas necessidades e com um custo benefício ótimo.

Eu falei mais desse hotel no post inicial, em dicas de hospedagem.

Tive tempo apenas de almoçar e ir para o passeio na Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Tudo bem que sou engenheira, mas não há quem não ame a visita do Circuito Especial pela Itaipu.

É quando voce pode entrar de fato na usina, dentro das barragens, ver a turbina de pertinho e etc.

( ! ) Se quiser ver apenas as instalações externas vá de Visita Panorâmica

A estrutura turística é bem completa. Quando fui, havia também um senhor que trabalhou na construção da barragem e contava alguns casos da época, simpático.

Ele contou que 10 toneladas de carne eram consumidas todos os dia pelos trabalhadores da construção das barragens.

Há mais passeios oferecidos pela Itaipu e um dos mais visitados é a Iluminação da Barragem (noturno) e o Salto de Paraquedas sob as barragens (WOW!). Coloquei os link aqui para quem tiver interesse.

Depois de visitar a Usina volte ao seu Hotel, e prepare-se para Jantar.

Comer em Foz costuma ser barato mas, na minha opinião, FUJA dos restaurantes turistões, claro que é questão de gosto, mas acho desnecessário. Os mais conhecidos são a churrascaria Rafain Show e o jantar Noite Italiana no Bella Itália (dentro do hotel Bella Itália).

Fui no segundo deles para conhecer, a comida estava divina mesmo e havia um músico tocando um som ambiente, mas para os padrões de Foz é bem caro. Não voltaria lá sozinha mas em grupos ou casal sim porque eu aproveitaria melhor o tempo.

Já o Rafain Show é mais turístico mesmo pois além do jantar há um show de dança com músicas ‘brasileiras’, há quem ame, há quem odeie, esse não encarei.

IMPORTANTE !

Antes de ir a Itaipu saiba que:

  • É obrigatório o uso de calçados fechados, sem salto, e de roupas com comprimento abaixo do joelho.
  • É proibido entrar com bolsas, mochilas ou sacolas. Se necessário, há armários para aluguel.
  • O passeio Circuito Especial dura cerca de 2 horas e 30min e se encerra com todo mundo tirando foto ao lado da turbina em movimento. =)
  • Ocorre todos os dias* às 8h, 8h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 15h30 e 16h. O Circuito especial Custa 68,00 reais e não tem meia entrada. Para os demais preços e horários, veja o site da Itaipu.

Para o Jantar “típico” é Importante saber que:

  • A noite Italiana no Bella Itália acontece as quartas, quintas e sábados das 19h às 23h. Custa 67,00 reais por pessoa (não inclui bebida, a comida é livre e inclui sobremesa).
  • A Churrascaria Rafain Show abre de segunda a sábado das 19:30h às 23h. Custa 95,00 reais por pessoa (não inclui bebida, a comida é livre e inclui sobremesa).

( * ) Até o fechamento desse post, os passeios na Itaipu encontram-se suspensos devido a greve. Se esse for seu caso, poderá substituir por outros passeios.

( ! ) Se voce chegar de manhã, acrescente passeios na cidade de Foz esse dia.


Dia 2 – Cataratas do Iguaçu lado Brasileiro, Parque das Aves e Voo Panorâmico de Helicóptero

Roteiro-foz-do-iguaçu-cataratas-brasil-1
Cataratas brasileiras

Acorde cedinho! Finalmente voce irá conhecer as cataratas!

O complexo das proximidades do Parque Iguaçu inclui o Parque das Aves, o Museu de Cera, Parque dos dinossauros e o heliponto onde se faz o Passeio panorâmico de Helicóptero.

Sugiro que voce comece por tudo que está fora do parque do iguaçu pelo simples motivo de que: voce irá sair molhado das cataratas, então é melhor deixá-las por último (na minha opinião).

Meu dia começou no Parque das Aves, eu fiquei por lá umas 2 horas apreciando tudo calmamente. Esqueça a imagem de zoológico pois esse parque está muito além disso. O que impressiona no local é o contato próximo que voce tem com várias aves que ficam lá soltas e amigáveis. De tucanos a araras é tudo muito limpo, organizado e informativo.

<< Quem segue o Blog no Instagram (@aosviajantes) viu mais fotos do parque e de Foz >>

Saindo de lá é hora de ir ao Passeio de helicóptero. BEM, eu tentei, mas não consegui por questões de tempo chuvoso. Pena.

O lado bom é que eu tinha contratado esse passeio por uma agência e consegui meu dinheiro de volta, já contei aqui que,em caso de imprevistos do tempo, o viajante tem direito ao seu dinheiro em agências.

Se voce quiser ir ao Museu de Cera e no Parque dos Dinossauros agora é a hora. Eu não fui, pelas informações que colhi e fotos do museu de cera achei que não valia a pena. O Parque dos dinossauros é mais infantil, então se tiver com crianças pode ser uma boa!

Bem, chega de distrações. Vá ao complexo do Parque Iguaçu e compre seu ingresso. O Parque é grande é há várias opções de passeios. Um dos mas famosos é o Macuco Safari, passeio de barco que te leva bem na cara das cataratas OU deveria levar, explico:

Se as cataratas estiverem num período de baixa de chuvas o barco não poderá ir muito perto (foi o caso em junho/2015).

Outro detalhe é que voce vai se molhar completamente, então é bom levar uma meia extra ou mesmo um chinelo para esse momento. Há armários para deixar bolsas e sapatos, não se preocupe.

Essa decisão dos passeios voce faz antes de comprar o ingresso. Esse ingresso dá direito a passar o dia no parque e usar o onibus interno quantas vezes quiser. Pegue esse onibus e preste atenção aos recados sonoros para saber onde descer. Voce pode ir até as cataratas por trilhas mais longas (as primeiras) ou descer no último ponto do onibus e fazer apenas a última trilha, que o deixará já nas cataratas em pouco tempo.

Bem, o que falar das Cataratas do Iguaçu que mal conheço e já considero pacas?

A vista ao longo da trilha é impressionante. Voce vê as quedas e ouve a forças das águas. Quando menos esperar vai chegar a primeira plataforma para observar as cataratas.

Seguindo mais um pouco voce chegará na segunda plataforma ainda mais próxima e vai terminar de se molhar.

Curti tudo que podia e almocei no restaurante panorâmico do parque, o Porto Canoas, que é delicioso!

Esse passeio dura cerca de 1hora e meia. Considere mais umas 2,5hrs se fizer o Macuco Safari, o almoço e as demais trilhas.

( ! ) Se voce também for visitar o lado argentino das cataratas num próximo dia eu sugiro fazer o passeio de barco lá na Argentina. Custa menos e te leva mais perto das cataratas que o lado brasileiro.

A discussão quase universal dos viajantes é se vale a pena ir no lado argentino antes ou no brasileiro. E há quem diga que o lado brasileiro é sem graça, não é! Tem que saber apreciar. Porém, sugiro ir antes no lado Brasileiro, assim como um filme voce verá o trailer antes aqui no Brasil e depois curte a emoção a flor da pele no lado Argentino.

IMPORTANTE! 
  • O Parque das Aves custa 24,00 para brasileiros e funciona das 8h30 às 17h.
  • O Passeio de helicóptero custa 350,00reais e funciona se condições climáticas permitirem.
  • Os passeios no Parque Nacional do Iguaçu variam de preço, o ingresso de entrada custa 31,30 reais.
  • Considere ficar cerca de 4 a 6 horas entre os parques, passeios, cataratas e almoço
Para curtir melhor esse dia eu sugiro:
  • Leve lanchinhos em uma mochila. Os passeios são longos e se a fome apertar (e vai) voce estará prevenido.
  • Use roupas leves, e se possível, roupas que secam rápido ou são impermeáveis.
  • Vá de tenis e se fizer o passeio do macuco safari leve chinelos e/ou uma meia extra.
  • Compre capa de chuva antes de entrar no complexo ou leve a sua. Fora elas custam 5 reais, dentro custam 10 reais, e são beeeeem fraquinhas.
  • Não alimente os quatis, seja um turista consciente!
  • Se sua máquina fotográfica for o celular, mantenha-o no modo avião e poupe bateria.
  • Saiba: Dentro do Parque das Aves há Wi-fi.
Volte para o hotel e tome um banho, voce não quer ficar doente justamente agora.

Dia 3 – Minas de Wanda + Ruínas de San Ignacio e Duty Free

 

Roteiro-foz-do-iguaçu-san-ignacio

Acho que de toda a viagem, conhecer as Minas de Wanda foi a surpresa mais inesperada e feliz que encontrei.

Pouca gente mesmo conhece esse destino, o que é lamentável. A cidade de Wanda fica a 60km da fronteira e a cidade é formada quase que exclusivamente pela mina e mineiros. Chegando lá, um guia simpático argentino fará piadas pra te deixar mais a vontade. Ele explica como é a formação da pedra preciosa e os tipos que são encontrados na Mina (semipreciosas, agatas, águas-marinhas, ametistas, cristais de quartzo, topázios). Uma verdadeira aula de geologia.

Fiz um vídeo explicando melhor, dá uma olhada (ou salve o canal do YouTube para ver depois 😉 ):

Depois voce poderá entrar na mina, que não tem nada a ver com aquelas minas de carvão que costumamos ter em mente. Muitas pedras são deixadas lá pelos mineiros para que os turistas as vejam em seu estado natural e original. Muito lindo =)

Vale dizer que a mina está em atividade e por vezes se ouvem explosões nas redondezas.

Ao final do passeio pode-se comprar jóias feitas das pedras locais (ametista e quartzo) por preços mais amigos que as joalherias. Não comprei nada obrigada, estou esperando ganhar, mas o preço era bom (a quem interessar possa).

O passeio todo leva umas 4horas, saindo cedo de Foz ainda da pra fazer algo a tarde. Eu optei por andar pela cidade mas caiu um temporal e acabei aguardando a noite apenas.

O passeio que cabe perfeitamente nesse dia é continuar das Minas de Wanda até as Ruínas de San Ignácio.

Umas das mais antigas obras jesuíticas da região e declaradas Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO. Infelizmente, eu não sabia desse lugar até chegar lá, não fui, mas VOCE ainda pode ir e me contar como foi (por favor?)

Fui ao Duty Free de Puerto Iguassu a noite. Quando fui as bebidas estavam com um preço bom (destilados, vinhos não), melhor que no Paraguai e com mais confiabilidade, os demais produtos tem valores em dólares muito próximos dos free-shops de aeroportos do Brasil, mas tem um pulo do gato!

Eu já falei aqui como descobrir qual moeda levar, no meu casos foram Pesos com larga vantagem. Mesmo com a alta do dolar, eu acho que voce também consegue essa vantagem. (#dicadeouro)

IMPORTANTE !

Antes de ir as Minas de Wanda  saiba que:

  • Os mineiros e a cidade praticamente vive do turismo da mina e da exploração. É de praxe dar gorjetas por lá, então considere essa informação.
  • O passeio pode durar meio dia (apenas Minas) ou o dia todo (se incluir as Ruínas Jesuítas).
  • O restaurante das Minas é outra oportunidade para comer parilla (carne argentina), empanadas e doce de leite. Nhami! Quero comer isso sempre.

Dia 4 – Paraguai + Passeio na cidade de Foz + Passeio em Puerto Iguassu 

Templo-budista-foz-Credito-Wikimedia-Commons-Massimiliano

Eu acredito que se seu objetivo principal for compras no Paraguai seria melhor voce consultar os diversos blogs especialistas nisso, meu foco não era esse mas eu fui e comprei, então falarei o básico. Se alguém quiser algum detalhe, mande nos comentários que respondo!

Meu objetivo era uma loja de eletrônicos e uns produtos de cabelo e para minha alegria o preço é bom mesmo.

Depois de cruzar a ponte da amizade, não compre no primeiro shopping da fronteira, é o mais novo e mais caro!! Os itens em geral são mas baratos que no Brasil mas não pense que estará em Orlando, vale a pena com restrições, pesquise.

Se voce ficar apenas metade do dia lá, como eu, pode visitar Foz a tarde. Não deixe de ir no Templo Budista, na Mesquita (ambos gratuitos) e no Marco das 3 fronteiras.

A noite cabe um passeio com comidas e bebidas lá em Puerto Iguazú. Vá até o centro da cidade e passeie nas lojas. A Argentina tem o maravilhoso hábito de dormir pós almoço e fechar as lojas para tal, mas em compensação as lojas ficam abertas até tarde (21hrs). Aproveite para comprar vinhos (sugiro o La Linda, vinho tinto seco), queijos, e doce de leite. AAAI que delícia! Um local muito recomendado é a Vinoteca do Don Jorge, muitos vinhos! Mas devo dizer que os preços lá são mais altos também, continue explorando o comércio local e compre nos mercados da região.

Jante por lá também, coma o tradicional bife de Chorizo e seja muito feliz.

Saia de lá e vá até o Bar de gelo. Esse bar oferece a experiência de estar a -10graus em um ambiente todo de gelo. Bancos, estátuas e até os copos!

Voce terá 30minutos para beber o que quiser na baladinha de gelo, e não se preocupe pois eles oferecem uns casacões e luvas, Mas meninas, sugiro que estejam usando calças, o casaco não vai até o pé!

Descanse, voce precisará estar bem para amanhã!

IMPORTANTE !

  • Os horários da Mesquita são: Segunda a sexta, das 9h às 11h30 e das 14h às 17h30 / Sábado, das 9h às 11h30.
  • Os horários do Templo Budista são: Terça à Domingo, das 9h30 às 17h.
  • O Bar de gelo abre: de domingos a Quinta de 14:00 a 21:30, Sextas e Sábados das 14:00 as 23:30.

Antes de ir ao Paraguai saiba que:

  • Não de bola para os vendedores de rua, nem os responda pois um simples “não” irá faze-los colar em voce até o hotel!
  • Sua missão será resistir a compra de meias. Os vendedores farão de tudo pra voce comprar.
  • Não compre dos ambulantes na rua, é certo que é produto falsificado.
  • Vá de tenis, o chão é de terra e suja bastante.
  • Não almoce lá nas ruas, não tem condições. Se a fome apertar, prefira os restaurantes que estão dentro do Monalisa (dica do leitor ;)).
  • Prefira o lado “novo”. É o lado em que está a famosa Monalisa.

O Paraguai não se resume a Ciudad del Leste, e nem essa cidade é apenas aquele comércio doido. O Paraguai sofreu muito com a guerra ( a que nós participamos contra eles) e tem um povo humilde, mas não julgue a parte pelo todo 😉


Dia 5 – Cataratas Argentinas

Nesse dia você agradece por ter vindo.

Roteiro-foz-do-iguaçu-cataratas-argentina (2)
Amém 🙂

Vá para o Parque Nacional Iguazú, localizado na cidade de Puerto Iguassu, argentina.

Chegando lá, sugiro que voce inicie logo seu passeio de trem até a passarela que leva a famosa Garganta del Diablo, as cataratas Argentinas.

Lembre-se que voce deverá pagar o ingresso em Pesos. Não são aceitos reais, não insista.

Vai se molhar muito mais aqui, MUITO MAIS, pode até levar sua capa de chuva lá do Parque das cataratas brasileiras, mas acho que não vai adiantar muito viu. Melhor voce garantir usando roupas que secam rápido.

Não tem como explicar, a sensação é de força e poder da natureza. No lado brasileiro voce vê as cataratas no nível de baixo das quedas e no lado argentino voce fica acima delas e muito, muito perto.

Se estiver um dia de sol, faça aqui o passeio de barco, o passeio macuco do lado argentino, é mais barato e mais interessante que o passeio do lado brasileiro, ele chega mais próximo das cataratas.

Aproveite pra comer empanadas ao final disso tudo (nhami!) e depois faça as trilhas, a paisagem (essa aí em cima grande) vale muito a pena.

Sugiro que voce pela trilha do  ‘Paseo Inferior’. É a trilha mais longa (1,4km) e leva de 1:30 hr a 2 hrs, indo com calma. Há algumas subidas nesse trecho, mas não é nada que alguém sem condicionamento físico não consiga fazer indo bem devagar, vi muitos velhinhos felizes lá.

Se ainda tiver uns 40min pode fazer a trilha do ‘Paseo Superior’. É mais plana, sem subidas e mais curtinha (1,1km), mas a vista não é a mesma do Paseo Inferior.

Se tiver que escolher uma das trilhas, faça a Paseo Inferior, é a mais “completa” dentre as duas.

Se tiver folego, não se poupe! Sem preguiça porque dá pra fazer ambas as trilhas em 2horas e meia.

E assim voce termina a viagem, renovado(a) de corpo e alma.

IMPORTANTE! 

  • Os passeios no Parque de Puerto Iguassu variam de preço, o ingresso de entrada custa 200 pesos para adultos e 50 pesos para crianças de 6 a 12 anos. Menores de 6 anos não pagam entrada.
  • Considere ficar o dia todo no parque.
Para curtir melhor esse dia eu sugiro:
  • Voce deverá pagar entrada em pesos argentinos, mas os lanches no interior do parque podem ser pagos com cartão de crédito. Há a possibilidade de converter moedas no parque mas a cotação é absurdamente desfavorável. Como Foz e bem servida de casas de câmbio, não dê esse vacilo e leve Pesos trocados já.
  • É NECESSÁRIA A APRESENTAÇÃO DE RG (emitido com menos de 10 anos) OU PASSAPORTE NA ENTRADA DO PARQUE.
  • Coma empanadas!
  • Beba água.
  • Não alimente quatis!!!

Para quem não sabe, sou Curitibana, (mesmo estado de Foz do Iguaçu), mas foi preciso eu morar em outro estado para retornar ao meu e visitar essa cidade super conectada com a natureza.

Fui sozinha para lá e em alguns momentos utilizei os serviços de uma agência de turismo que me recebeu super bem.

Em nenhum momento me senti só pois todos são muito receptivos fazendo dessa uma marca de Foz. Parabéns cidade!

Voce não precisa contratar uma agência se não quiser, sobretudo se estiver de carro, mas em alguns momentos pode ser útil. Foi nessa viagem que eu consegui meu R$ de volta em um passeio que não fiz devido as más condições de tempo. Contei isso aqui.

Lembre-se de pedir para receber notícias do blog para não perder mais o endereço e nos seguir nas redes sociais para facilitar o contato!

 

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...

3 Replies to “Roteiro Foz do Iguaçu Completo (e ÉPICO) – 3 a 5 dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Disqus Comments ...