Os 15 melhores lugares do mundo para se viajar sozinho (a) no mundo

Voce não tinha com quem viajar e decidiu ir sozinho, muito bem! Mas aí fica sem saber para onde ir :/ 

As duas maiores preocupações de se viajar sozinho são: a segurança que o lugar oferece e se esse lugar te proporciona diversão.

Nem todo destino é amigável para o turismo, e quando se está sozinho isso pode se tornar ainda mais evidente. (Mulheres tem ainda mais receio pois ainda são alvo mais fácil para a violência).

Além disso, é importante escolher um lugar com a sua cara e bastante distração porque a última coisa que voce quer é pensar: – Seria tão bom se eu estivesse aqui com alguém. 

Foi pensando nisso que fiz essa lista com várias opções pelo Mundo e para todo tipo de viajante. Também usei como base uma combinação entre o  dados da Vision of Humanityranking  mundial do nível de paz-segurança dos locais e Ranking de felicidade dos moradores da Happy Planet Index =D. Dá uma lida!


Leia também: 

Os 10 lugares para se viajar sozinho pelo Brasil  

Os 7 motivos que faltavam para você viajar sozinha(o)

30 dicas essenciais para quem vai viajar sozinho (a)

Sozinha em Buenos Aires e o Airbnb


( ! ) Ah: Os viajantes acompanhados também podem ver as dicas do post, a segurança e diversão valem para todos, sempre.


Os 15 Melhores Lugares para se Viajar Sozinho (a)

Edição Mundo


COSTA RICA

Ranking de Felicidade do país: 1
Ranking mundial de Segurança: 42

Para quem quer: Uma cultura “deboísta”, contato com a natureza e simplicidade.

lugares-para-se-viajar-sozinho-costa-rica
De boa na lagoa

 

Esse é o local número 1 em nível de felicidade do povo! Palmas a eles.

Os Costa Riquenhos são um dos povos mais simpáticos do mundo uma vez que a cultura do “viver a vida com simplicidade” é a mais aceita por lá, e é essa a ideia que voce explora na Costa Rica.

Há de tudo, plantações de cafés (famosos), vulcões, caminhar em trilhas de floresta virgem, aprender a surfar, ter uma aula de yoga a beira-mar ou descansar em uma rede observando os bicho-preguiça locais, visitar termas ou banhar-se em cachoeiras, e isso tudo vai bem sendo visitado sozinho mesmo, né?

Ah sim! A costa Rica, assim como a Nova Zelândia foi cenário de um clássico dos seriados, a série Lost. Há um tour ao local de filmagem saindo do Parque Natural Manuel Antônio, um dos últimos parques ou zoológicos de vegetal natural do mundo.

Se preferir um pouco mais de conforto, pode se hospedar nos hotéis tipo resort, o turismo na Costa Rica é bastante forte e já bem estabelecido, havendo opções de hospedagem para todos os gostos ainda que a máxima do local seja a “vida simples”.

A Costa Rica é tão “deboísta” que eles sequer possuem um exército, porque, francamente, pra quê? Outro fato interessante é que a distância entre as costas do pacifico e do atlântico é de apenas 120km, sendo possível tomar café da manhã num lado e curtir o por do sol em outro, no mar do Caribe, por exemplo. E aí? Comprando passagem já?


NOVA ZELÂNDIA

Ranking mundial de Segurança: 4
Ranking de Felicidade do país: 24

Para quem quer: Uma experiência de vida diferente, entrar em contato com cultura de mente aberta, turismo de aventura forte e MUITA atividade.

lugares-para-se-viajar-sozinho-nova-zelandia
Bem vindo a terra média, Nova Zelândia.

 

Nova Zelândia, cenário do filme O Senhor do Anéis e o Hobbit, é um dos melhores lugares para se visitar sozinho devido a sua famosa população “mente a aberta”, lá você certamente vai aprender algo sobre vida, cultura e pessoas (no mínimo).

Além disso, há a evidente variedade de opções de atividades! Os viajantes podem partir para aventuras nas geleiras, nas florestas, e sobre os picos dos Alpes do Sul, para não mencionar bungee jumping, jet ski, e caminhadas na lendária Milford Track, passeios de barco, de bicicleta, etc etc .

Com tudo isso você nem vai ter tempo de perceber que está viajando sozinho(a).

O ideal é explorar muitas cidades do país pois as atrações estão por vários locais, a maioria dos turistas mantem sua “base” em Auckland e passeam por Christchurch, Queenstown, Rotorua e Wellington.

Nova Zelândia também é uma opção para fazer um intercâmbio para aprender inglês, para quem pode ficar um período maior, é uma oportunidade a mais de iteração e aprendizado.

Vá com a mente aberta, aprenda muito e tenha uma nova experiência de vida indo para a Nova Zelândia.



Reykjavik, ISLÂNDIA

Nível de Felicidade do país: 80
Ranking mundial de Segurança: 1

Para quem quer: Fugir da realidade, conhecer um lugar de natureza exótica e mística. 

A Aurora Boreal é um espetáculo a parte da Islândia
A Aurora Boreal é um espetáculo a parte da Islândia

Sim, o país mais seguro da lista tem um nível de felicidade baixo ocupando o 80 lugar da lista. Culpa de um dos mais altos impostos mundo (mas não mais que o Brasil) e loooongos invernos com poucas horas de sol.

Mesmo assim, é um país fácil para viajantes individuais se sentirem confortáveis, como voce não paga impostos e tem a opção de ir para lá no verão, pode se sentir menos tristinho com o ranking e se animar com a ida a Islândia.

A cidade capital de Reykjavik é uma excelente base para excursões para nadar ao ar livre no Blue Lagoon ou para montar cavalos islandeses. Islândia é o lugar para ir quando você precisa fugir da realidade e mergulhar na natureza, não é a toa que faz parte de um dos cenários de Sense8, a série Netflix mais crazy atualmente.

Embora a Islândia seja pequena em tamanho e população (com apenas 320 mil pessoas), o que falta em tamanho, compensa em um cenário deslumbrante. A Islândia tem geleiras, praias de areia preta, vulcões (130 deles) e centenas de cachoeiras, que lhe dão uma sensação de outro mundo, místico.

E você não terá que se preocupar com a falta de tempo para ver tudo, porque durante o verão, o sol brilha quase o tempo todo. Como eu disse: escolha a época certa! 

No início do verão nunca há escuridão completa e o sol fica baixo no horizonte, criando um bonito espetáculo de cores e sombras. Durante a primavera e outono as horas de dia e noite são basicamente as mesmas que existem no sul do Brasil (ou em partes da Europa continental). Os dias no meio do inverno, ao contrário, têm somente 4 ou 5 horas de luz solar ( e também é o ápice para quem quer observar a aurora boreal).

Essas flutuações de luz são ainda mais extremas na parte norte do país.


Borocay, FILIPINAS:

Ranking de Felicidade do país: 59
Ranking mundial de Segurança: 6

Para quem quer: Turismo de natureza, sensação de pertencer ao local. Praia paradisíaca e um dos lugares mais belos do mundo.

lugares-para-se-viajar-sozinho-borocay-filipinas
Borocay, Filipinas, um dos lugares mais bonitos do mundo

Os Filipinos são considerados uma das populações mais receptivas do mundo. Aqui você encontrará só sorrisos 🙂 .

Boracay é uma ilha do sudeste asiático com areias bem brancas e mar transparente e já recebeu o título de melhor ilha do mundo (pela Travel+Leisure, em 2012). O turismo aqui é bastante naturalista, ou, selvagem, e há festas a beira mar em que não raro ocorre iteração entre o turista e o morador.

É como se você estivesse em casa e essa é a grande vantagem para o turismo solo: hospitalidade e a sensação de pertencer ao local.


Melbourne e outras cidades, AUSTRÁLIA

Ranking de Felicidade do país: 76
Ranking mundial de Segurança: 9

Para quem quer: Bom para viajantes mulheres, amantes de arte e para quem quer passar longo período viajando, há muitos viajantes sozinhos.

lugares-para-se-viajar-sozinho-melbourne-austrália
Quero morar lá

Você não será a única pessoa viajando solo por lá. Esse é um dos destinos mais populares para se viajar sozinho, sobretudo por mulheres e por longos períodos inclusive.

É um lugar seguro, descontraído e divertido. Há hostels em abundância e com pessoas de todos os lugares, idades e estilos. Os Australianos são viajantes por natureza e entendem essa necessidade de cair na estrada.

Conheça a fundo as cidades metropolitanas como Sydney, Melbourne ou Perth. Melbourne é um ótimo lugar para passear sozinho, uma vez que em todos os lugares estão a “uma caminhada” de distância.

Melbourne também é conhecida pela sua arte, seja em galerias, seja a de rua. O grafite de rua é bastante presente e costuma servir de bom fundo para selfies :).

Quando precisar dar uma pausa nas caminhadas, sente num dos locais da Federation Square, local preferido da maioria dos moradores e um bom lugar para sentar e observar.

No mais, a Austrália é grande e variada, de cosmopolita a selvagem o que não falta são opções do que fazer e onde ir.

< Quem segue o @Aosviajantes no Instagram já viu essa dica por lá >


Vancouver, Toronto e Montreal, CANADÁ

Ranking de Felicidade do país: 58
Ranking mundial de Segurança: 7

Para quem quer: Misto de turismo de aventura e cidade, boa estrutura, bom para viajantes solos de primeira viagem

lugares-para-se-viajar-sozinho-canada-centro-vancouver
Centro de Vancouver

Os canadenses também possuem a fama de serem amigáves e muito receptivos. As paisagens são incríveis desde as majestosas Montanhas Rochosas no oeste às províncias marítimas no leste.

Suas cidades como Vancouver, Toronto e Montreal são reconhecidas como uma das melhores do mundo, e o toque francês de Quebec apenas contribui para que o Canadá seja ainda mais agradável.

O índice de criminalidade é baixo (especialmente em comparação com o seu vizinho ao sul) e os padrões de vida são elevados. Vancouver tem um centro agitado, mas também uma abundância de opções ao ar livre, tais como Stanley Park, o que torna um ótimo local para caminhadas.

Há também Granville Island, o lar de inúmeras lojas, restaurantes , galerias e mercados. Se quiser descansar um pouco do clima de cidade grande, pode ir até Halifax, uma cidade universitária, agitada e famosa também para a prática de caiaque.

Falamos sobre a experiência de morar no Canadá com quem esteve lá, aqui ó: Fazer Intercâmbio no Canadá, vale a pena? 

Berlim, ALEMANHA

Ranking mundial de Segurança: 17
Ranking de Felicidade do país:  43

Para quem quer: Festa e cultura, turismo histórico e estar em companhia, bons hostels.

A verdadeira festa na Piscina - Sattbad
A verdadeira festa na Piscina – Sattbad

Berlin é como aquele amigo pronto-pra-tudo que você sempre quis ter, de noitadas a exposições de arte, a cidade também acolhe bem.

Os alemães possuem fama de frios e muito disso está relacionado ao modo como se fala, sem entonações e sem falar “cantado” como nós fazemos. Rompa essa visão latina e compreenda a cultura e a população. Os viajantes solos de Berlim com quem conversei disseram que é como se você fizesse parte daquele grande grupo de pessoas viajando sozinhas, então você não está sozinho no fim das contas. – Achei interessante.

Quando você terminar os passeios turísticos no Mitte – bairro central e lar de muitos pontos de interesse histórico – pegue o metrô para conhecer os melhores centros culinários e clubes de Berlim, como o super exclusivo Green Door e Stattbad, uma festa que ocorre dentro de uma piscina. Depois de festejar , siga para Mustafa para comer um döner kebab, um prato turco que se tornou a comida de ressaca não-oficial da cidade.

Por ser uma cidade jovem e de turismo solo, há muitos hostels com qualidade melhor que muito hotel por aqui, o que é mais uma oportunidade de se fazer novas amizades e companheiros de viagem.


dicas para viajar sozinho - seguro de viagem

Atenção:

Obrigatório o Seguro Viagem se você for a Europa! Use o cupom de desconto: AOSVIAJANTES5 no site da Seguros Promo e garanta seu melhor preço!

 

 


 

Dublin, IRLANDA

Ranking de Felicidade do país: 13
Ranking mundial de Segurança: 67

Para quem quer: Bom para viajantes sozinhos iniciantes. Turismo histórico, pubs e cultura.

Irlanda, para todos os gostos
Irlanda, para todos os gostos

Uma combinação perfeita entre vida “rural” ou do campo, e cidade. É um bom local para viajantes sozinhos iniciantes pois as pessoas são receptivas a línguas diferentes e não há um choque cultural tão grande como em outros locais.

É um lugar rico na literatura, música, possui mais de 400 castelos, museus e grandes paisagens verdes. Dublin foi escolhida como cidade da literatura pela UNESCO. Visitar museus e castelos são perfeitamente possíveis e agradáveis numa viagem só, assim você faz seu tempo e ve o que quiser, o que não quiser, passa.

Os Irlandeses além de amigáveis são bastante acessíveis, de fácil amizade. Vantagem extra para mulheres viajando sozinha que gostam de beber ou sair sozinhas, nos pubs por lá você não será julgada.

Ufa! País não-conservador: amamos. Mulheres nessa mesma onda são perfeitamente comuns. O local é seguro, e é fácil de se locomover, o ideal é que se explore os locais a pé ou de bicicleta, sozinho ou em tour de grupos.


Londres e outras, INGLATERRA

Ranking de Felicidade do país: 39
Ranking mundial de Segurança: 47

Para quem quer: Bom para viajantes sozinhos iniciantes. Ponto de partida bom para conhecer várias cidades ou países próximos. Pode ser visitada várias vezes.

Londres é de fácil locomoção e há muito o que fazer
Londres é de fácil locomoção e há muito o que fazer

A casa de Shakespeare tem sido acolhedora a viajantes solos por ser de fácil locomoção, há transporte a todos os lugares e proximidade com outros países como França e Alemanha.

Uma coisa legal é que Londres pode ser visitada várias vezes , sempre haverá algo por fazer, alguma novidade e algum restaurante diferente, o que significa que visitar a cidade sozinho (a) não te impede de voltar acompanhando (a) no futuro e divertir-se como se fosse uma experiência nova.

Leia também: + de 80 dicas do que fazer em Londres. 😉

Londres tem a fama de cidade da rainha e cara mas a verdade é que há muito o que explorar na cidade sem pagar nada. Parques, museus em sua maioria não cobram entrada e quase tudo pode ser feito a pé. O custo de alimentar-se em Londres pode ser comparado ao de uma refeição em um restaurantes em capitais como Rio de Janeiro e São Paulo, por exemplo e há ainda diversas formas de se economizar por lá fazendo valer sua estadia (isso falo por experiência própria).

Além de Londres, outras cidades históricas como York, Cambridge e Bath, cidades universitárias como Bristol ou a icônica Liverpool fazem com que sua estadia não seja monótona nunca.

A Inglaterra respira rock, futebol e cordialidade (e pontualidade também). Recomendado a viajantes que querem vivenciar uma cidade como se fosse sua própria casa. A única recomendação aqui é sair com o guarda-chuva todos os dias, porque o clima pode não ser tão amigo assim.

< Falamos sobre a experiência de quem com quem mora em Londres aqui ó: Como morar em Londres, e o que ainda não te contaram >


Nova York, EUA

Ranking de Felicidade do país: 105
Ranking mundial de Segurança: 94

Para quem quer: Viver uma cidade multicultural. Para quem quer estar no centro das artes, moda, música em que opções de atividades urbanas sobram. Bom para quem não tem certeza se gostaria de estar sozinho, pois NYC é só agitação. 

Pegue o ferry gratuito que liga Staten Island e Nova York. Veja a Estatua da liberdade e esta estonteante vista de Downtown!
Pegue o ferry gratuito que liga Staten Island e Nova York. Veja a Estatua da liberdade e esta estonteante vista de Downtown!

Seguindo a mesma linha de Londres e Hong Kong, não poderia faltar na lista a cidade mais multicultural do globo. Com cerca de 800 idiomas diferentes falados em seu território, Nova Iorque é a cidade com a maior diversidade linguística do mundo.

Nova York é um bom destino por vários motivos, e voce certamente irá voltar mais vezes (se gostar é claro). Local das grandes peças de teatro da Broadway, dos centros de compras, modas e finanças, da Times Square. Paisagens incríveis como a de Manhattan, de museus históricos como o museu de História Natural , da mesma linha do que existe em Londres.

Tudo fácil de locomoção, organizado e seguro. Nova York é muitas cidades em uma só e isso se reflete na diversidade de pessoas e gastronomia. Ou seja, não há monotonia. Jante uma massa italiana num dia e comida chinesa no bairro Chinatown de Manhattan, que  incorpora a maior concentração de chineses do Ocidente.

Escolha um show ou espetáculo por dia e nada disso vai se repetir se voce voltar lá. Também é possível dar uma corrida no Central Park como um perfeito Nova Yorkino. Um viajante solo pode optar por um hostel ou um AirBnB para uma estadia mais longa.

Na mesma ideia de Londres, NYC é um bom lugar para viver a cidade, para se fazer morador por um tempo e quem sabe arriscar um curso de artes, moda ou ingles?

< Quem segue o @Aosviajantes no Instagram já viu essa dica por lá em breve teremos morador de NYC falando sobre sua experiência >

Hong Kong, CHINA:

Ranking de Felicidade do país: 102
Ranking mundial de Segurança: 126

Para quem quer: Conhecer a cultura chinesa sem se preocupar com a língua, curtir ambiente de diversidade.

Para os que se aventuram
Para os que se aventuram

Bem, vocês devem estar estranhando que um país com nível de felicidade baixo e segurança igualmente baixo esteja aqui na lista, mas o motivo é simples: Voce não vai morar em Hong Kong, e o mal desempenho desses índices está relacionado as questões políticas de toda a China uma vez que o índice é para o país.

A verdade é que você turista pode sim andar com seu celular e máquina mais despreocupado do que se estivesse no Brasil. Dito isso:

Hong Kong pode até ter a fama de cidade do comércio financeiro, mas a verdade é que quem a conhece trabalhando não vivencia o que o viajante conhece turistando. Lugar em que há uma conexão única entre a rica história da China e influências modernas do Ocidente, Hong Kong está repleto de pratos para agradar qualquer paladar.

VocÊ pode comer caranguejo frito em um dos restaurantes flutuantes de Aberdeen ou deliciosos pratos chineses (com arroz!) no mercado da Temple Street Night. Com certeza vai encontrar companheiros de viagem nas casas noturnas ao longo da Lan Kwai Fong em suas renomadas “festas de rua”.

O detalhe mais interessante aqui para o turismo solo é que Hong Kong se ergueu sob forte (e óbvia) influencia inglesa o que torna esse destino mais fácil para se comunicar em relação a outros destinos da Ásia. Há frequente e abundante sinalização de tudo em inglês e o comum é que os moradores sejam bilíngues. Ou seja, se arranhar um inglês, até vai!

Um lugar interessante para se hospedar é o bairro comercial-residencial Wanchai. É conveniente para o turismo gastronômico e para vivenciar a história, já que o bairro sobreviveu a duas guerras mundiais. Em Wanchai assim como em outros pontos de Hong Kong há diversas trilhas. Muitas delas expondo também o lado histórico de desenvolvimento da cidade. Pois é, Hong Kong é mesmo completa. Se esse não for seu destino para a próxima viagem, salve essa opção para algum dia na vida.


Santiago, Atacama, e outras, CHILE

Ranking de Felicidade do país: 19
Ranking mundial de Segurança: 30

Para quem quer: Um país da America do Sul. Poder falar em Espanhol ou Portunhol. País bastante completo com montanhas, neve, desertos e uma cidade capital bastante rica culturalmente. 

Santiago, Chile
Santiago, Chile

Dentre os países da América do Sul, o Chile se destaca no turismo solo, principalmente para mulheres. Santiago é relativamente segura e de fácil locomoção. Imagine-se andando pela cidade e a cada ponto de parada, observar as montanhas ao fundo como na foto acima.

< Saiba tudo sobre o Chile no post – Chile, o que fazer? Onde ir? >

A poucas horas dali estão os Andes Chilenos e o Oceano Pacífico mas explorar o país de ponta a ponta exige tempo. O Chile é bastante “comprido” e isso também confere a ele climas variados, vegetações, culinária e etc.

É mais um daqueles lugares em que você voltará mais de uma vez na vida para cumprir todo o roteiro, então não há grandes problemas em ir para lá uma vez sozinho.

Escolha entre um turismo aventureiro, de montanhas e desertos no Atacama a um turismo mais cosmopolita na capital Santiago. Para os amantes dos esportes de aventura as opções são muitas: trekking, escalada, mountain bike, rafting, canoagem, cavalgada e ski. O ideal nesse caso é conversar com outros viajantes aventureiros e marcar grupos de caminhada e escalada para garantir a sua própria segurança, assim voce ainda conhece gente com os mesmo interesses que voce ;).

Para quem procura descanso e conforto, a Patagônia também é um ótimo destino, pois abriga cidades bem estruturadas e estações de inverno de nível internacional.

Boas são as cidades próximas também a Santiago para quem decidir fazer dela sua cidade principal, Valparaíso (patrimônio da humanidade pela UNESCO) e Viña del Mar são próximas e podem ser visitadas em um dia.

A culinária também é bastante rica, e com variedade e influencias dos diversos climas típicos do país. Além disso, a língua falada ajuda aos que não se sentem seguros em falar inglês.

Pode arriscar seu portunhol sem medo! Os Chilenos farão de tudo para entende-lo e estão acostumados ao turismo e se não entender, alguém irá ajudá-lo. Aliás, isso chama a atenção no Chile, organização e preparo para receber o turista. Não é a toa que é o único país da América do Sul a figurar na lista mundial.


Tulum, MÉXICO

Ranking de Felicidade do país: 21
Ranking mundial de Segurança: 144

Para quem quer: silencio e reflexão. Para quem quer fugir da língua inglesa também.

Tulum e seu sítio arqueológico
Tulum e seu sítio arqueológico

A cidade de Tulum, México (localizado ao sudeste de Cancún) , é mais conhecida por seu belo cenário a beira mar da antiga cidade maia, Tulum. Nos últimos anos, no entanto, Tulum ganhou uma reputação como um local para retiros de ioga e meditação.

Os hotéis de cabanas ecológicas agrupados ao longo do Mar do Caribe são no estilo “menos é mais”. Não há televisões e a eletricidade é gerada a partir de moinhos de vento. Os visitantes de Tulum pode participar de cursos de ioga diárias e meditações guiadas ou mergulho de água doce através de cavernas nas proximidades.

Poucas outras atividades e locais oferecem uma oportunidade maior para a auto-reflexão do que viajar sozinho . E uns dias tranquilos escrevendo ou meditando sobre uma praia de areia branca pode ser uma boa maneira de dar-se algum espaço para desestressar e reunir seus pensamentos.


Arizona, EUA

Ranking de Felicidade do país: 105
Ranking mundial de Segurança: 94

Para quem quer: Meditar, estar em natureza, silêncio e reflexão.

Caminhada pelo Gran Canyon, Arizona
Caminhada pelo Gran Canyon, Arizona

Seguindo a mesma ideia de Tulum, e frizando que as vezes (ou sempre) um dos melhores lugares em que você pode estar é na natureza.

Pensar em tudo, ou meditar e não pensar em nada. Voce não precisa de muita coisa quando esta na natureza, nem muitas roupas, nem maquiagem, nem ninguém. E um dos lugares em que você pode fazer isso com mais maestria é Sedona, no Arizona com sua paisagem de rocha vermelha e atividades ao ar livre.

Há muito que você pode fazer para apreciar o lugar: caminhadas , fazer um passeio de canoa nas proximidades do Green Valley Wine Trail, ou simplesmente meditar no topo de um canion.Outro ponto alto desse destino é seu clima de SPA, muitos hotéis por lá possuem termas, banheiras de hidromassagem, e outras delicias para recarregar as energias.

( ! ) A melhor época para visitar o Arizona é de Abril a Maio, como eu te conto aqui.


Barcelona, ESPANHA

Ranking de Felicidade do país: 33
Ranking mundial de Segurança: 21

Para quem quer: Festa, praia, conhecer gente jovem e tem pouca intimidade com o inglês. Pode gastar seu portunhol a vontade

Vista de um dos hotéis de Barcelona, parece ser uma cidade divertida
Vista de um dos hotéis de Barcelona, parece ser uma cidade divertida

O povo espanhol é expansivo, o que já nos aproxima deles culturalmente. A língua é o espanhol, bom para os viajantes sozinhos que tem receio do inglês, e ainda, Barcelona, a cidade da vez, possui um transporte de fácil locomoção até mesmo o táxi pode valer a pena uma vez que a cidade é pequena e tudo fica relativamente perto.

A segurança, e claro, felicidade do povo estão em boa posição. O clima se assemelha ao do Rio de janeiro, quente! A cidade possui praias e muitas festas. O Espit Chupitos e um dos locais mais bem frequentados.

Voce pode ir a Barcelona fazer um curso de espanhol e conhecer a cidade, mais uma excelente oportunidade de unir o útil ao agradável e viver em um lugar do mundo que é a cara da alegria. Praia, festa e comida boa.


E aí? Já escolheu seu destino?  A minha sugestão é que voce salve essa listinha na memória para conhecer esses lugares ao longo da vida.

Gostou? Veja também a página Guia para Viajar Sozinho | “VÁ” , que lista tudo que já saiu sobre viajar sozinho.

E se gostou desse artigo, inscreva-se no Blog e receba tudo antes 🙂


 

Deixe seu comentário!

Loading Facebook Comments ...

18 Replies to “Os 15 melhores lugares do mundo para se viajar sozinho (a)

  1. Muito bom! De vez em quando queremos fazer uma viagem sozinho. Pode ser para refletir sobre a vida ou mesmo para se abrir para novas experiências. Quando você está sozinho, absorve muito mais a cultura de um lugar. Aprende a olhar tudo de outra maneira, perde seus preconceitos e para pra pensar que o mundo não é apenas aquele que gira ao seu redor. Viajar sozinho é uma ótima oportunidade de abrir sua mente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Disqus Comments ...